JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 25 de janeiro de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Continua depois da publicidade



Dois casos da variante Ômicron são confirmados no Brasil; outros três estão sob investigação

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

01/12/2021 - 06:33:51.

Os dois primeiros casos da variante ômicron no Brasil foram confirmados pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, referência em infectologia no país. Tratam-se de um homem de 41 anos e uma mulher, de 37, vindos da África do Sul. Além deles, três outros casos seguem sob investigação, inclusive um em Belo Horizonte

Um dos pacientes teria desembarcado em Guarulhos no último dia 23, vindo da África do Sul e portando resultado negativo de teste RT-PCR. Dois dias depois, ele e a esposa tentaram retornar ao país africano quando fizeram um novo teste no aeroporto que deu positivo para o coronavírus. Após o resultado, ambos os testes foram sequenciados pelo Albert Einstein, que identificou a variante Ômicron nas duas amostras. 

Segundo a Anvisa, a entrada do passageiro em território nacional, no último dia 23, foi antes da data em que a Organização Mundial da Saúde declarou a Ômicron como uma variante de preocupação, no dia seguinte.

Leia também: Ameaça de variante ômicron não tira o otimismo do comércio em Uberaba no fim de ano 

A nova cepa do coronavírus foi identificada em novembro na África do Sul e, desde então, colocou as autoridades e cientistas em alerta. Diante do alto número de mutações dessa cepa, especialistas temem que ela seja mais transmissível ou drible a proteção oferecida pelas vacinas já produzidas, mas ainda estão em curso estudos para testar essas hipóteses. 

O caso em Belo Horizonte foi anunciado na segunda-feira (29) pela prefeitura, referente a passageira recém-chegada do Congo. O voo no qual estava embarcada saiu da África no dia 17, data em que ela alega ter apresentado um teste de resultado negativo para a covid-19 antes de sair do país de origem. A mulher começou a apresentar sintomas de Covid no dia 22 e, segundo informou a prefeitura, ela tem 33 anos e ainda não está vacinada. Ainda de acordo com informações da administração municipal da capital, a mulher foi internada em isolamento antes de ser encaminhada ao Hospital Eduardo de Menezes.

Durante visita a obras de conjunto habitacional nesta terça-feira, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou a jornalistas que a prefeitura “está em cima” para que a ômicron não se prolifere em Belo Horizonte. 

*Com informações da Agência Estado e do jornal Estado de Minas


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia