POLÍTICA

Núcleo da Unegro é lançado em Uberaba, sob coordenação de enfermeiro do PCdoB

Tito Teixeira
Publicado em 18/11/2023 às 13:26Atualizado em 18/11/2023 às 17:49
Compartilhar
Unegro surgiu em 14 de julho de 1988, na cidade de Salvador/BA (Foto/Reprodução)

Unegro surgiu em 14 de julho de 1988, na cidade de Salvador/BA (Foto/Reprodução)

Na data em que se comemora o Dia da Consciência Negra, o PCdoB em Uberaba está lançando o Núcleo da Unegro, com a coordenação do enfermeiro Sander Carlos Souza.

O Unegro surgiu em 14 de julho de 1988, dia de Oxóssi (Kabila na Nação Angola), no prédio da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, bairro Barris, em Salvador, quando jovens negras e negros, inconformados com as condições de vida da população negra, e revoltados com a violência policial que aterrorizava o povo negro, fundaram a Unegro, com a promessa de lutar contra o racismo e suas múltiplas decorrências, contra a exploração sistêmica do capital, e a opressão, que impõe as mulheres negras às maiores desvantagens sociopolítica e econômica.

A Unegro se estabeleceu em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal e, segundo o PCdoB, amealhou ampla militância. Se consolidou como uma importante organização da luta popular e uma das maiores no movimento negro brasileiro.

Na avaliação do partido, ao longo desse percurso, a Unegro esteve em todas as lutas pautadas pela melhoria da qualidade de vida do povo, pelo aperfeiçoamento da democracia, pela defesa de direitos e da pátria. Desde 14 de julho de 1988, a entidade trabalhou para a concretização de ações que produziram conquistas ao antirracismo, como cotas nas universidades e no serviço público, o Estatuto da Igualdade Racial, o avanço da pauta quilombola, a instituição de estruturas de igualdade racial, no âmbito dos municípios, Estado e governo federal, dentre inúmeras outras ações.

Em Uberaba, a Unegro é implantada no ano em que completa 35 anos. Para as lideranças locais do PCdoB, a entidade tem como principais desafios, a reconstrução econômica e democrática, e a consequente vitória sobre o bolsonarismo e suas significações, que ainda mobilizam quase um terço da população brasileira – fascismo, ódio, negacionismo, anticiência, violência, milícia, crime ambiental, amarmentismo, golpismo, mentira, desprezo à democracia, ao povo e ao pobre, misoginia, LGBTfobia e racismo.

Segundo o PCdoB, a Unegro compreende que o papel da sociedade civil mobilizada, defendendo um projeto de desenvolvimento nacional soberano, democrático e inclusivo, é fundamental para varrer o fascismo no Brasil. Por isso está comprometida a cerrar fileiras nas ruas, junto aos movimentos sociais e ao movimento negro. 

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Logotipo JM Magazine
Logotipo JM Online
Logotipo JM Online
Logotipo JM Rádio
Logotipo Editoria & Gráfica Vitória
JM Online© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por