JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 23 de janeiro de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Educação devolve 1,5 mil kits de alimentos de má qualidade

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

07/12/2021 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Após denúncia de má qualidade dos produtos alimentícios fornecidos a alunos da rede municipal, 1.540 kits de alimentos foram recolhidos das escolas da Prefeitura e devolvidos à Nutriplus. Os itens foram levados para a Central de Distribuição, onde ficaram armazenados até serem buscados pela empresa na semana passada.

De acordo com a chefe da seção de Alimentação Escolar, Camila Cristina da Silva, os kits recolhidos são referentes à primeira remessa entregue em novembro pela Nutriplus, na qual foram verificados lotes com feijão de qualidade inferior ao produto adquirido pela Prefeitura e, também, o uso de embalagens inadequadas para o acondicionamento dos produtos.
Os kits irregulares recolhidos estavam nas escolas desde então e não chegaram a ser distribuídos para os alunos. Depois de recolhidos pela equipe de fiscais, a Nutriplus foi notificada e buscou os alimentos na sexta-feira (3).

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação posicionou que a empresa também foi alertada sobre a má qualidade dos produtos entregues no início de novembro e o descumprimento do contrato. O texto ainda informa que os kits irregulares devolvidos e recolhidos pelo fornecedor serão compensados no faturamento das próximas entregas.

A denúncia de má qualidade dos produtos do kit oferecido aos alunos da rede municipal foi alvo de questionamentos no plenário da Câmara Municipal, no dia 4 de novembro. Logo em seguida, a Prefeitura notificou a empresa para que fosse feita a troca e reposição das mercadorias divergentes do previsto no contrato.

Em paralelo, processo administrativo já foi aberto pela Prefeitura para apurar o descumprimento do contrato e deve resultar na aplicação de penalidades contra a empresa. As sanções podem incluir desde multa até o impedimento de participar de licitações e contratar com o Poder Público por prazo de dois anos.
 


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia