JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 07 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Pré-candidato ao governo diz saber a realidade do Triângulo

Prefeito de Belo Horizonte esteve ontem em Uberaba para proferir palestra e se encontrou com lideranças políticas, incluindo a chefe do Executivo municipal, Elisa Araújo

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

24/10/2021 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Foto/Israel Junior

Prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, durante palestra ontem na sede da Associação Comercial

Após reunião política com lideranças do PSD em Uberaba nesse sábado, o prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato a governador, Alexandre Kalil (PSD), abriu evento com empresários da cidade declarando que, apesar da atuação centrada na região metropolitana, conhece a realidade do Triângulo Mineiro.

Um dos desafios da eventual candidatura de Kalil é justamente conquistar o eleitorado no interior do Estado. Pesquisas apontam que ele lidera a intenção de votos somente na região metropolitana, enquanto Zema tem preferência em grande parte do interior, inclusive no Triângulo Mineiro.

Adotando uma postura mais crítica frente ao atual governador recentemente, o prefeito de Belo Horizonte iniciou o discurso em Uberaba argumentando que está ciente da realidade e da importância das cidades da região, mesmo que a atuação política hoje esteja centrada na capital mineira.

“Não se engane. A capital sabe o que é o Triângulo Mineiro. A capital tem a noção exata do que é o Triângulo Mineiro. [...] Nós não vivemos numa ilha de ignorância, na selva de pedra, que somos a capital e que somos melhores”, disse na abertura do pronunciamento aos empresários locais.

Kalil também citou que esteve com a prefeita Elisa Araújo (Solidariedade), no gabinete, pouco antes do evento da Aciu, e a conversa ressaltou a necessidade de valorização das demandas de Uberaba.

Apesar de Elisa ser aliada do governador Romeu Zema, o pré-candidato adotou tom conciliador. Ele manifestou no discurso que as solicitações da cidade precisam ser atendidas, independente de quem o gestor do município apoiar na próxima eleição. “Quando Uberaba chegar no Palácio da Liberdade, esteja lá quem for, que se toque trombetas e se estenda o tapete vermelho, porque a cidade é muito importante para o Estado”, disse.

Elisa não compareceu à Aciu para participar da palestra do prefeito de Belo Horizonte, que abordou a situação dos municípios e estratégias para a retomada na fase pós-pandemia. O convite foi feito pela entidade porque ele estava no comando da Frente Mineira de Prefeitos.     

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia