JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Estudos para viabilizar rotas de trem de passageiros em MG começam em 2023

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

26/03/2022 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Governo mineiro deve começar estudos em 2023 para estruturar projeto de concessões ou PPPs (Parcerias Público-Privadas) com o objetivo de viabilizar novas rotas de trem de passageiros elencadas no Plano Estratégico Ferroviário do Estado. O cronograma foi apresentado em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, nesta semana.

Uberaba pode ser contemplada com a medida, já que uma rota de trem regional inclusa no portfólio do Plano Estratégico Ferroviário de Minas Gerais prevê o transporte de passageiros entre Araguari e Campos Altos. O percurso de 503 quilômetros contaria com oito estações, sendo uma das paradas em Uberaba.

Na reunião com deputados, a superintendente de Transporte Ferroviário da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Vânia Cardoso, salientou que uma análise já está sendo feita junto com a Fundação Dom Cabral para verificar as propostas do plano com maior viabilidade para dar pontapé à implementação dos projetos de trens regionais de passageiros.

A superintendente explicou aos deputados que 21 das 45 propostas analisadas como viáveis no Plano Estratégico Ferroviário são para o transporte de passageiros, seja metropolitano, regional ou turístico. Segundo ela, a equipe no momento está empenhada na análise do portfólio de projetos para definir quais serão prioridade nos próximos anos.

Vânia adiantou que a avaliação preliminar feita pela Fundação Dom Cabral apontou que sete das nove propostas de trens turísticos tiveram pré-viabilidade positiva nas análises. Já das nove rotas de trens regionais de passageiros, quatro tiveram pré-viabilidade confirmada. Entretanto, ela não especificou se a proposta referente a Uberaba entrou na lista.

Decidida a lista de rotas prioritárias, a superintendente salienta que a previsão é iniciar os estudos no próximo ano para estruturar o modelo de concessão ou PPP de novos trens regionais de passageiros. Contudo, ela também reforçou na audiência que ainda seria preciso garantir recursos e vencer a burocracia oficial para tirar os projetos do papel. 
 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar