JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 04 de março de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Secretário estadual diz que Samu Regional vem, mas repasse para HR segue indefinido

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

21/01/2021 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Foto/Israel Junior

Secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, participou ontem, ao lado da prefeita Elisa Araújo, da primeira vacinação contra a Covid em Uberaba   

Em visita a Uberaba, ontem, para participar do início da vacinação contra a Covid-19, o secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, deu perspectiva para a implantação do Samu Triângulo Sul, mas continuou sem apresentar previsão para o início da participação do Estado no custeio do Hospital Regional.

Amaral argumentou que um posicionamento do Governo de Minas sobre o início dos repasses para a manutenção do HR depende da entrega de um projeto pela administração municipal para estruturar a inserção da região nos serviços prestados pelo hospital. “Isso está vinculado e, desde o ano passado, já havia pedido à Secretaria Municipal de Saúde esse tipo de planejamento”, declarou.

O secretário estadual afirma que a questão deve ser solucionada de forma rápida com a nova gestão, mas não anunciou prazo para o início da entrada dos recursos para o Hospital Regional. “Agora, com a proximidade com Prefeita eleita, acreditamos que isso vai andar mais rápido e vão nos entregar esse planejamento”, disse.

Por outro lado, o titular da Saúde em Minas apresentou perspectiva para a consolidação do projeto do Samu regional até o fim do próximo ano. Discutido desde 2016, a proposta era a implantação de bases operacionais em cidades do Triângulo Sul e, também, o envio de mais ambulâncias para compor o serviço na região. Até o momento, apenas o helicóptero foi entregue e está em operação.

De acordo com o secretário estadual, o planejamento do governo mineiro é avançar com os projetos de Samu regional antes do fim da gestão de Romeu Zema. “Temos um projeto de expansão do Samu para chegarmos praticamente a todo o Estado até o final do mandato. Esse Samu aqui [do Triângulo Sul], com certeza, será contemplado”, manifestou.

Na abertura da primeira fase da campanha de imunização contra a Covid-19, o secretário de Estado também se posicionou sobre a chegada de novas doses da vacina e pediu compreensão das pessoas para aguardarem até que os insumos sejam disponibilizados para suprir a demanda geral.

Amaral ressaltou que “haverá doses para todos”, mas também defendeu que a vacinação pode levar até um ano para a cobertura do público como um todo. Ele ainda salientou que as doses estão em fase de produção e outras rodadas de imunização acontecerão em breve. “Teremos a reunião dos secretários estaduais de Saúde com o Ministério, na semana que vem, para termos um agendamento mais objetivo [da entrega] dessas doses”, encerrou. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia