JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 22 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Elisa faz alerta e não descarta novas medidas para conter coronavírus em Uberaba

Ao reconhecer que a Saúde é o maior desafio do início da gestão, a prefeita não pensa em adotar ações mais restritivas como o fechamento do comércio

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/01/2021 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 13/01/2021 - 11:34:51.

Foto/Reprodução

Prefeita Elisa Araújo foi às redes sociais fazer apelo à população para que cumpra as medidas de contenção ao coronavírus

Devido ao aumento do número de casos de Covid-19 em Uberaba após as festas de fim de ano, a prefeita Elisa Araújo (Solidariedade) publicou mensagem de alerta nas redes sociais. No vídeo, a chefe do Executivo afirma que novas medidas para conter a propagação do vírus serão adotadas na cidade, mas descartou ações mais restritivas como o fechamento do comércio.

Elisa ressaltou na gravação que a Saúde é o maior dos desafios do início da gestão e revelou que os indicadores referentes à transmissão da Covid-19 trazem preocupação. “Como era previsto, estamos sentindo agora os efeitos das aglomerações que aconteceram por causa do Natal e Ano-Novo. Vamos citar como exemplo os índices de internação da cidade. De 1º até 11 de janeiro registramos aumento de 118% das internações. É muito!”, disse.

Segundo Elisa, a pandemia de coronavírus exige esforço concentrado de todos os governos para frear a propagação da doença e novas ações também serão discutidas esta semana para conter a transmissão do vírus em Uberaba. No entanto, ela afirmou que pretende ouvir os setores empresariais para definir os próximos passos. “Esta semana, vamos ouvir os comerciantes, empresários, líderes religiosos e a comunidade. Novas medidas serão tomadas com diálogo”, manifestou.

Por outro lado, regras mais rígidas como o fechamento do comércio não parecem estar nos planos da nova gestão até o momento. No vídeo, Elisa argumentou que é necessário considerar o impacto negativo na economia. “Sabemos que medidas restritivas prejudicam ainda mais a nossa economia e trazem prejuízo para os comerciantes e outros empresários [...] Vamos fazer de tudo para reduzir índices de infecção da doença, sem mais prejuízos e impactos nas nossas rotinas”, posicionou.

Com isso, a chefe do Executivo salientou que espera a conscientização da população para evitar o agravamento da pandemia em Uberaba.  “Por tudo isso, queremos contar com a sensibilidade de cada uberabense. Cada um é responsável para ajudar no enfrentamento desse vírus”, acrescentou.

A possibilidade de fechamento do comércio já havia sido descartada anteriormente por Elisa em entrevista à Rádio JM. Antes de tomar posse, ela declarou que a medida seria prejudicial à sobrevivência do comércio e defendeu o engajamento tanto das lojas quanto dos consumidores para seguir as regras de distanciamento social e de higiene. (GB)

Prefeita transfere provisoriamente gabinete para Secretaria de Saúde

Devido à prioridade das ações na área da Saúde, a prefeita Elisa Araújo (Solidariedade) transferiu provisoriamente o gabinete para a sede da secretaria na avenida Guilherme Ferreira. A partir desta semana, ela despachará do local para acompanhar de perto as demandas relacionadas à pasta.

Na agenda de ontem, a prefeita se reuniu com representantes do Sindicato dos Proprietários de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Uberaba (Sinhores). O grupo se comprometeu a criar uma rede de informação para a conscientização e monitoramento dos estabelecimentos, evitando os excessos.

Além disso, o setor solicitou à prefeita a liberação das calçadas para deixarem as mesas mais espalhadas e a suspensão do feriado de Carnaval. Os empresários também reclamaram das festas irregulares realizadas na cidade e a chefe do Executivo pediu a colaboração do setor no sentido de que denuncie os eventos para a Guarda Municipal.

A prefeita também esteve com os integrantes do Conselho dos Pastores para tratar sobre a situação da Covid-19 no município. Na conversa, ela solicitou aos pastores que também denunciem as igrejas que não estiverem cumprindo as normas sanitárias.

O Comitê Técnico-Científico de Enfrentamento à Covid-19 também se reuniu esta semana para tratar sobre os impactos do coronavírus em Uberaba. A testagem da população foi um dos assuntos debatidos em encontro na segunda-feira (11). A prefeita solicitou empenho na compra de testes para evitar a falta de exames nos estoques e garantir o atendimento da demanda dos casos que podem surgir após as festas de fim de ano. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia