JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 28 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Quinze escolas têm protocolo para volta às aulas na próxima semana

Regras enviadas ao comitê técnico serão analisadas e, se houver necessidade de ajustes, serão devolvidas para adequações

17/10/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos


Foto/Fernanda Borges/PMU

Comitê técnico de enfrentamento ao coronavírus se reuniu ontem no gabinete do prefeito para discutir sobre a volta das aulas e de eventos

Com autorização para retomada das aulas presenciais a partir da próxima semana no município, 15 escolas já apresentaram protocolos sanitários à Prefeitura para reabertura. Da lista, 14 são instituições particulares e uma instituição pública federal. Por enquanto, não houve proposta apresentada por escolas da rede municipal de ensino.

Em reunião ontem do comitê técnico de enfrentamento ao coronavírus, o prefeito Paulo Piau (MDB) reafirmou o cronograma que libera a retomada das atividades presenciais nas escolas a partir de segunda-feira (19).

Segundo o chefe do Executivo, os protocolos enviados ao comitê estão sendo analisados e, se houver necessidade de ajustes das medidas sanitárias propostas pelas instituições, o material será devolvido com orientações aos estabelecimentos de ensino.

A volta das atividades presenciais na segunda-feira (19) não é obrigatória e também não abrange todos os alunos da cidade. A decisão de retorno será tomada de forma individual pelas instituições, conforme a capacidade de se adequarem às normas sanitárias para o funcionamento presencial.

Nos protocolos, os diretores precisam indicar se existem condições de adequar o espaço para cumprir as regras de distanciamento e também mostrar um planejamento de quais turmas estariam aptas para voltar às aulas presenciais no atual contexto.

Entre as regras sanitárias a serem cumpridas para a volta das aulas presenciais está a assinatura do Termo de Responsabilidade Sanitária. Outro critério é a criação do Brigadista Sanitário, que será a referência para a implantação do protocolo na escola e também relatará qualquer situação relativa à doença na unidade, coletando as informações necessárias e interagindo com a equipe de epidemiologia da Secretaria de Saúde. 

Leia mais

Continua depois da publicidade

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia