JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de abril de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Pequeno comércio e tarifa social poderão parcelar conta e não terão corte de energia

Governo de Minas anunciou ontem medidas de flexibilização para o pagamento de contas da Cemig

24/03/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 24/03/2020 - 06:42:15.

Governo de Minas anunciou ontem medidas de flexibilização para o pagamento de contas da Cemig. Para minimizar impacto econômico das medidas adotadas para conter o novo coronavírus, os consumidores cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica e pequenas lojas terão garantia do fornecimento e poderão ter a conta parcelada em até seis meses sem pagar multas e juros. 

Segundo informações do governo estadual, no caso das lojas, o parcelamento dos débitos em seis vezes será para os consumidores comerciais classificados como microempresas e que tiveram que paralisar as atividades em função das restrições de funcionamento para conter o novo coronavírus (Covid-19).

Também haverá a flexibilização do pagamento de contas e garantia do fornecimento de energia para hospitais filantrópicos e públicos, bem como unidades de pronto atendimento.

Para ter acesso ao benefício, os clientes devem formalizar a solicitação junto à Cemig pelos canais virtuais da empresa. As medidas valem até 30 de abril e poderão ser reanalisadas conforme o andamento da crise do coronavírus

Em nota, o governo mineiro reforçou que o objetivo das medidas é amenizar os impactos da crise provocada pelo coronavírus para famílias de baixa renda, hospitais públicos e microempresas que precisaram suspender as operações em decorrência das medidas de contenção da pandemia.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia