JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 23 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Continua depois da publicidade



Máscara não é tudo a mesma coisa: entenda a importância da escolha do acessório

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/01/2022 - 00:00:00. Última atualização: 13/01/2022 - 06:23:58.

Segundo pesquisa realizada por estudiosos alemães, a máscara adequada combinada ao uso correto no rosto torna-se uma das mais potentes armas para a prevenção à Covid-19. As máscaras de filtragem de partículas ajustadas, por exemplo a N95, chegam a ser 75 vezes mais eficazes na prevenção de infecção do que as máscaras cirúrgicas, conforme aponta o estudo. Importante ressaltar que as máscaras de pano, comumente usadas por muitas pessoas, inclusive em Uberaba, sequer aparecem na pesquisa como barreira eficaz à infecção. 

A pesquisa realizada analisou a porcentagem de risco de infecção ao longo de vinte minutos de conversa entre uma pessoa infectada e outra saudável, postas em três situações diferentes. Foram analisadas as utilizações de uma máscara N95 com ajuste nasal (aquela haste de ferro que fica no topo da máscara), uma N95 que não possui esse ajuste e a máscara cirúrgica.

O resultado obtido pela pesquisa foi de que, nos casos onde ambas as pessoas estavam utilizando a N95 com ajuste nasal, bem posicionada ao rosto, o risco de contágio é de 0,14%. Em uma outra situação, onde ambas usavam N95, entretanto, a pessoa infectada estava com a versão da máscara sem o ajuste nasal, porém a saudável utilizava a com ajuste, o risco de contaminação sobe para 0,87%.

Na hipótese de ambos os indivíduos estarem com a N95 sem ajuste nasal, a porcentagem de contágio salta para 4,2%. Tendo o infectado utilizado a máscara cirúrgica durante a conversa e a pessoa saudável a N95 sem o ajuste nasal, o risco de contágio é de 6,8%. Por fim, com ambas utilizando máscara cirúrgica, o estudo mostra que o risco de contágio é de 10,4%, sendo o maior dos índices.

Abaixo, é possível conferir o gráfico da pesquisa:

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia