JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 13 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Aproveite o Dia Mundial Sem Tabaco e pare de fumar

31/05/2020 - 00:00:00. - Por Larissa Prata Ciabotti

Divulgação

Quantas vezes você já viu essa comparação entre pulmão saudável e pulmão de fumante? Se a imagem, por si só, não o choca, é realmente a hora de buscar ajuda e parar de fumar

Criado em 1987, o Dia Mundial Sem Tabaco é um lembrete anual aos fumantes. Os alertas sobre prevenção, riscos e consequências do tabagismo não precisam de datas para ser feitos, mas todo ano, no dia 31 de maio, precisamos reforçar esse apelo à vida. Por mais que as doenças pulmonares sejam as mais conhecidas – e também as mais fatais – consequências do cigarro, ele também gera doenças cardiovasculares, além de dependências física e psíquica.

O médico oncologista Raul Dutra explica que uma das mais graves doenças causadas pelo fumo é o câncer de pulmão, altamente letal. “O câncer de pulmão tem aumentado sua incidência no mundo, o que não é diferente no Brasil. Ele é o terceiro de maior acometimento entre os homens e o quarto entre as mulheres, somando um pouco mais de 30 mil novos casos por ano. 80% aproximadamente desses novos casos são causados pelo cigarro, algo totalmente prevenível”, alerta o especialista.

Neste emblemático dia, reforce a conscientização sobre o tabagismo e incentive pessoas ao redor a pararem de fumar. Impossível não é! “Pare de fumar! Ajude seus amigos e familiares a pararem de fumar. Peçam ajuda. Vale a pena”, clama Raul Dutra. Se você quer parar de fumar, a Prefeitura de Uberaba oferece ajuda, mesmo durante a pandemia. Ligue em uma das onze unidades de saúde que têm o programa antitabagismo e receba todas as orientações.

As unidades são: UMS Maria Tereza, USF Julieta Andrade Cunha, UMS Álvaro Guaritá, UMS Roberto Árabe Abdanur, UMS Dr. Romes Cecílio, USF Lecir Nunes, UMS Valdemar Hial, UMS Aluízio Prata, USF Palmira Conceição Ferreira, USF Jacob José Pinto, e USF Norberto de Oliveira Ferreira.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia