JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 10 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



PMU se adianta e inicia licitação dos uniformes para o ano que vem

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

04/08/2022 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

  

Conforme o edital publicado ontem, as empresas interessadas em fornecer os uniformes para a Prefeitura terão prazo a partir de sexta-feira (5) (Foto/ArquivoJM)

Enquanto ainda aguarda entrega das últimas peças do uniforme escolar para este ano, Prefeitura já adiantou a licitação para a compra do vestuário que será distribuído aos alunos da rede municipal em 2023. O contrato está estimado em R$2.759.963,04.

Conforme o edital publicado ontem, as empresas interessadas em fornecer os uniformes para a Prefeitura terão prazo a partir de sexta-feira (5) até 19 de agosto para apresentarem propostas de preço. Com isso, a intenção é finalizar o processo de compra antes do fim deste ano.

A antecipação do processo licitatório foi feita para evitar novamente atraso na distribuição dos uniformes para os estudantes em 2023. Este ano, as peças só começaram a chegar em julho e os alunos ficaram sem as peças novas ao longo do primeiro semestre de aulas.

A licitação anterior para compra dos uniformes ocorreu em novembro de 2021, mas o vestuário só começou a chegar ao município sete meses depois. Das 98.400 peças adquiridas, 41.640 foram entregues no dia 21 de julho pela fornecedora. O cronograma previa o envio do restante até 29 de julho, mas até o início da semana ainda não havia sido tudo entregue. Mais de dez mil peças estavam em falta.

Com a quantidade entregue até o fim de julho, foi possível finalizar a distribuição dos uniformes aos estudantes de nove Cemeis (Centros Municipais de Educação Infantil). Os demais alunos devem receber as peças a partir de agora, com a nova remessa entregue.

Por enquanto, o fornecedor não deu previsão de entrega do restante das peças à Prefeitura. A empresa apenas havia justificado que não foi possível enviar a quantidade total por falta de matéria-prima.

De acordo com as informações da Secretaria Municipal de Educação, após o término da contagem e o número exato das peças em falta, a fornecedora será notificada para a entrega do saldo restante. 

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar