JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 12 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Mesmo com troca de comando no PDT local, Lerin diz que mantém a sua pré-candidatura

01/08/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Foto/Arquivo

Antônio Lerin descarta possibilidade de disputar novamente uma cadeira na Câmara Municipal e mantém pré-candidatura a prefeito

Após troca no comando do PDT em Uberaba, Antônio Lerin descarta recuar em projeto de candidatura a prefeito este ano e afirma não ter qualquer interesse em disputar cadeira no Legislativo municipal. O ex-deputado ainda assegurou ter apoio suficiente dentro do partido para viabilizar o lançamento do nome na sucessão municipal.

Continua depois da publicidade

Em entrevista à Rádio JM, Lerin comemorou a mudança no comando do PDT no município, apesar de não citar nominalmente a saída de Jacob Estevam da presidência da sigla. O ex-deputado posicionou ter mais conforto para articular a candidatura a prefeito a partir de agora com a nova liderança.

Lerin também contestou afirmações do secretário-geral do PDT, Manoel Rodrigues, que chegou a declarar que o ex-deputado não teria chances para vencer Roberto Velludo na disputa interna pela candidatura a prefeito e sinalizou que ele seria bem-vindo para compor a chapa de vereadores. "A chance de eu ser candidato a vereador é zero", rechaçou.

De acordo com o pré-candidato a prefeito, a escolha do nome para encabeçar a chapa majoritária do PDT será feita pela executiva do partido, não pelos filiados na convenção. Com isso, ele nega estar em desvantagem em relação ao engenheiro Roberto Velludo. "Aqui é uma executiva provisória e quem decide é a executiva. Ficou definido que candidato que tiver mais chance de vencer as eleições será o candidato do PDT. Estamos trabalhando em silêncio e conversando com lideranças partidárias. Tenho certeza que até o fim de agosto vamos construir uma grande aliança para viabilizar a minha candidatura a prefeito", argumenta e manifesta ter o apoio da maioria dos integrantes da chapa de vereadores da sigla.

Questionado, o ex-deputado negou a possibilidade de aceitar o posto de vice de Roberto Velludo em uma eventual chapa pura do PDT para a sucessão. "A chance de eu ser candidato a vice com outro companheiro de partido é zero. O que está definido é que sou pré-candidato a prefeito pelo PDT. Se lá na frente o outro tiver mais chance, já deixei claro que vou abrir mão e apoiá-lo", disse.

Por outro lado, Lerin demonstra abertura para ceder à cabeça de chapa dentro das articulações para fechar a aliança com o PSDB, que tem Regiane Isidoro como pré-candidata a prefeita. "Estamos abertos ao diálogo com todos. Temos que ter humildade para reconhecer que quem tiver mais chance será o candidato a prefeito. Se conseguirmos viabilizar alianças com partidos que tenham nomes com potencial maior, temos que ter esse discernimento", assegurou, reforçando que ajudou desde o início no processo de aproximação do PDT com o ninho dos tucanos. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia