JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 15 de maio de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Penitenciária de Uberaba tem 79 presos com Covid-19

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

12/04/2021 - 15:29:33. Última atualização: 12/04/2021 - 15:32:07.

Ainda há 79 presos com diagnóstico positivo para a Covid-19 recolhidos na Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, em Uberaba. Além deles, há também um servidor positivo para a doença, que cumpre quarentena em casa. Os dados foram confirmados à reportagem do Jornal da Manhã pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), após levantamento feito na manhã desta segunda-feira (12). O surto na unidade de Uberaba foi denunciado no início do mês em primeira mão pelo jornalista Wellington Cardoso, na coluna Falando Sério, quando a população doente saltou de 9 para 79 detentos com diagnóstico positivo num curto espaço de tempo. 

Questionada sobre a evolução da doença na população carcerária em Uberaba, a Sejusp apontou que os presos estão assintomáticos ou têm apenas sintomas leves e são tratados diretamente pela equipe de saúde na unidade prisional. Ainda de acordo com a pasta, as celas onde eles se encontram estão isoladas e são rotineiramente desinfetadas. A Sejusp ainda reitera que não houve registro de óbitos na Penitenciária de Uberaba e também não há nenhum detento nem servidor internado.

Vale lembrar que as visitas estão suspensas na Penitenciária de Uberaba desde outubro do ano passado. Isso porque elas seguem regras impostas pelo Minas Consciente, mesmo que a cidade não tenha aderido ao programa do estado. Nesta segunda-feira, o Triângulo Sul progrediu para a onda vermelha. Desde o início da pandemia, o presídio de Sacramento é a porta de entrada da 5ª Região Integrada de Segurança Pública. Ao todo, são 30 unidades de referência, distribuídas em todo o território mineiro, que funcionam como centros de triagem e portas de entrada para novos custodiados do sistema prisional. Todas as pessoas presas em Uberaba desde então são encaminhadas para Sacramento, onde ficam pelo menos 15 dias em quarentena e observação antes de serem encaminhadas para outras unidades. 

A Vigilância Sanitária de Uberaba realizou inspeção na Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira na semana passada para acompanhar os casos de Covid-19 na unidade. Durante o trabalho foram realizados testes em todos os detentos da ala C, onde ficava o que apresentou o primeiro caso confirmado de coronavírus, identificado no dia 26 de março. Dos 277 testes realizados, 79 deram positivos, sendo em dois policiais e em 77 detentos.

Cuidados com quem já está preso

No caso de presos que já se encontram no sistema prisional, caso apresentem sintomas da covid-19, o protocolo é o seguinte: isolamento imediato, realização de exames e, em caso de confirmação, tratamento segundo protocolo da área da Saúde. Em todas as unidades em que há presos com covid-19 confirmados, a desinfecção do ambiente também é imediata e todos os demais detentos passam a usar máscaras, de forma preventiva.

Outra medida adotada em Minas Gerais é a realização de videoconferências judiciais em todas as unidades prisionais. Com isso, evita-se o deslocamento da maioria dos presos para o ambiente extramuros e diminui-se o risco de contágio pelo coronavírus.

Com a suspensão das visitas, os familiares podem ter contato com os presos por meio de cartas (ação prevista para todas as unidades e com média de 35 mil recebimentos por semana), ligações telefônicas (cujo número é diferente em cada unidade e deve ser fornecido pelo presídio ou penitenciária; a média semanal é de 15 mil ligações realizadas) ou videoconferências nas unidades em que essa tecnologia já está disponível. Mais de 94% das unidades prisionais realizam visitas familiares por videoconferência. Esta modalidade continuará acontecendo mesmo diante da retomada das visitas. 


 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia