JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 25 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Suspeito de homicídio é sequestrado e seria julgado pelo "tribunal do crime"

21/05/2020 - 21:16:01. Última atualização: 22/05/2020 - 15:22:13.

As polícias Civil e Militar prenderam homem suspeito de cometer o assassinato de Marcelo dos Santos, durante a madrugada de quarta para quinta-feira. O possível autor foi sequestrado, mantido em cárcere privado e estava sendo julgado pelo “tribunal do crime” de uma organização criminosa. O homem estava em casa na rua Jonas Gomes de Sá, bairro Olinda.

Por volta das 7h de quinta-feira, a Polícia Militar recebeu uma ligação via 190. Uma mulher informou que marido havia sido sequestrado pela organização criminosa. Ela contou que o mesmo havia enviado uma mensagem pedindo ajuda, com a localização de onde estava. 

Entenda melhor o caso: Condutor embriagado morre esfaqueado após briga no Gameleiras

Os policiais se deslocaram para o local e foram recebidos por uma mulher de 46 anos, que inicialmente relatou estar sozinha com duas crianças. Porém, ao entrarem na casa, junto com agentes da Polícia Civil, a equipe de militares encontrou quatro homens, de 27, 31, 28 e 31 anos. Todos com extensa ficha criminal.

Além do quarteto, a equipe também localizou o sequestrado e suposto autor do outro crime em um cômodo, sentado em um colchão e chorando. Indagado do que se tratava, o homem começou a pedir por socorro e afirmou que estava sendo mantido em cárcere privado para ser morto pelo “tribunal do crime”. Ele se negou a contar o motivo.

Neste momento, os militares separaram o homem dos demais envolvidos para que pudessem entender melhor os fatos. O sequestrado relatou que estava em casa, momento em que dois dos autores chegaram e o colocaram em um táxi.

Um dos envolvidos confirmou a versão, pois a vítima seria o suposto assassino de Marcelo dos Santos. Ainda de acordo com o relato, o sequestrado seria submetido a julgamento e de acordo com o que fosse apurado seria executado por dois deles, que são primos do homem assassinado.

Após a narrativa, foi dada voz de prisão a todos os envolvidos pelo crime de associação criminosa e por estarem presentes todos os elementos típicos para o enquadramento legal.

Quanto ao suposto assassino, a prisão dele, registro e condução ficou a cargo dos investigadores da Polícia Civil. Foi apresentado na Delegacia de Plantão, um vídeo contendo indicação de que o homem teria realmente assassinado Marcelo dos Santos. Mais quatro homens foram capturados e presos pela equipe da PC, como desdobramento desta ocorrência, suspeitos de envolvimento nos mesmos fatos. 
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia