JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 05 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Para donos de academias, flexibilização apenas disfarça intenção da PMU em atender o setor

06/07/2020 - 11:03:17. - Por Daniela Brito Última atualização: 06/07/2020 - 18:21:26.

Nova alteração do decreto 5555 permite aulas individuais ao ar livre em Uberaba, mas a medida não agradou alguns profissionais do setor (Foto/Jairo Chagas)

Possibilidade de aulas ao ar livre com atendimento a clientes de forma individual não favorece a demanda das academias. A medida está liberada desde esta segunda-feira (6) em Uberaba.

Proprietários de academias, que preferem não ter o nome divulgado para evitar qualquer tipo de retaliação, informam que a “flexibilização” atende apenas os informais e não contribui com a reabertura das academias. “Apenas disfarça a intenção da administração municipal em atender nosso setor”, criticam.

Continua depois da publicidade

Além disso, os profissionais do setor acreditam que o impasse está relacionado ao funcionamento das academias públicas, que terão de cumprir as mesmas regras adotadas na iniciativa privada. Esta condição, segundo eles, estaria dificultando a reabertura.

Isso porque a reabertura dependerá do cumprimento do plano de contingência já criado pelo segmento e apresentado ao Comitê de Enfrentamento a Covid-19, que inclui controle de temperatura dos alunos, higienização constante dos equipamentos, entre outras medidas sanitárias, que não seriam possíveis de serem cumpridas no âmbito público.

Em Uberaba há academias públicas do Cemea Boa Vista, Cemea Abadia, na Unidade de Atendimento ao Idoso (UAI) e em diversas praças públicas espalhadas pela cidade.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia