JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 04 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Academias podem realizar aulas individuais e em lugares abertos

Nova redação de decreto neste fim de semana abre a possibilidade de retorno de alguma atividade ao setor, fechado desde março

05/07/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 05/07/2020 - 18:28:32.

Jairo Chagas


Espaços públicos poderão ser usados para os treinos oferecidos por academias de ginástica da cidade

Com nova redação publicada neste fim de semana, decreto abre possibilidade para o funcionamento de academias e estúdios com atendimento individual de clientes em ambientes abertos. Até então o setor estava totalmente proibido de retomar as atividades devido às medidas sanitárias para conter a disseminação do coronavírus. O novo texto agora proíbe apenas as atividades coletivas em espaço fechado de academias de ginástica, dança, lutas, pilates, musculação, estúdio de personal, treinamento funcional, natação, crossfit e similares.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, a restrição é necessária porque o problema não é apenas a higienização de equipamentos e espaços, mas o risco de transmissão do vírus pelo ar. “Durante a atividade física, aumenta a capacidade cardiorrespiratória e são expelidas gotículas no ar. Esse é o grande problema da atividade física em ambiente fechado. Mesmo com distanciamento, isso fica suspenso no ar por algumas horas”, pondera.

O titular da pasta afirma que as atividades esportivas individualizadas estão permitidas a partir de agora, mas ressalta que apenas em ambientes externos ou ao ar livre, como estacionamentos, áreas a céu aberto e até praças. “Assim, existe a circulação do ar e pode ser feita a limpeza natural do ar antes do atendimento a cada aluno”, posiciona.

Continua depois da publicidade

Segundo Iraci, as academias podem até montar a estrutura com alguns equipamentos na área de estacionamento ou outro ambiente externo para atender um cliente por vez. O atendimento deverá ser com hora marcada e devem ser seguidas as medidas de distanciamento entre professor e aluno. “Não pode ser feita atividade em grupo, mesmo em espaço aberto. É uma forma de aglomeração e continua proibido”, ressalta.

O secretário ainda rebate as comparações feitas com as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, onde existe previsão para o retorno quase integral das atividades de academias. “Estamos em momentos diferentes. Ainda estamos com epidemia em ascensão. As outras cidades já atingiram o pico”, encerra.
 


Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia