JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 20 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Atenção pequeno produtor: Emater-MG irá produzir laudo gratuito para quem teve perda na lavoura

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

02/08/2021 - 00:00:00. - Por Joanna Prata

A Emater-MG irá produzir laudos técnicos gratuitamente para os pequenos produtores que tiveram perdas nas lavouras, seja pelas geadas ou pela estiagem. Conforme Wilson Marajó,  gerente regional da Emater em Uberaba, 60% da safra do milho em Uberaba foi perdida devido à estiagem; já os horticultores tiveram perdas estimadas em 40%; os fruticultores em torno de 25%. "Esses dados são uma estimativa, estamos apurando ainda esse valores, porque houveram geadas recentes e são muitos produtores” explicou Wilson. 

Os laudos são necessários para que os produtores que usaram de financiamentos para custear a produção de suas lavouras consigam receber o seguro rural, que é costumeiramente contrato junto com o financiamento . Para conseguir o laudo o pequeno produtor deve procurar o órgão. A Emater também elaborou um relatório sobre todas perdas das lavouras de Uberaba que foi enviada à Secretaria de Agronegócio para solicitar um decreto municipal sobre as porcentagens de perdas com a finalidade de auxiliar os produtores que perderam suas lavouras e precisam quitar seus débitos de financiamentos. 

De acordo com a Emater-MG, a produção de laudos a pedido de agricultores e prefeituras será feita gratuitamente para os pequenos produtores, enquanto os médios e grandes precisarão pagar pelo serviço. O mapeamento da amplitude das lavouras afetadas pela geada não incluirá somente o café, produto mais atingido, mas também a olericultura, fruticultura, floricultura e as pastagens.

“Decidimos isentar a cobrança pela elaboração desses laudos para os agricultores familiares, para auxiliar na superação dessa situação de emergência”, afirmou o diretor-presidente da Emater-MG, Otávio Maia. A isenção da cobrança dos laudos para os agricultores familiares atingidos por geadas vai até 30 de setembro de 2021.

O levantamento da Emater sobre as geadas recentes envolveu 194 municípios e, desses, 167 tiveram incidência em algum nível de impacto nessa cultura. O Sul de Minas foi a região mais atingida, com 77,8% de todos os municípios afetados, seguido pelo Triângulo/Alto Paranaíba, totalizando em torno de 173,6 mil hectares atingidos. São cerca de 9.500 produtores afetados no estado. 

A Emater-MG elaborou uma cartilha para os produtores afetados pelas geadas e uma das principais recomendações, neste momento de emergência, é se informar se a área atingida está coberta por seguro agrícola e não realizar nenhuma intervenção na lavoura antes da perícia técnica do profissional habilitado para avaliar os danos.

Para facilitar o levantamento dos prejuízos, é interessante elaborar um croqui (desenho), se possível com informações georreferenciadas dos talhões e áreas atingidas, além de registros fotográficos, de preferência com data. No momento, não é indicado realizar nenhum trato cultural, como poda, recepa ou erradicação de plantas.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia