JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 29 de julho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Júpiter retrógrado: como a movimentação do segundo sol afeta sua vida

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

19/06/2021 - 00:00:00.

Considerado o segundo sol, Júpiter é um dos planetas mais amados da astrologia, chamado de ‘benéfico’. Além de espalhar otimismo, sorte e alegria, também representa abundância, viagens e filosofia. A partir deste domingo, 20, o astro entra em movimento de retrogradação e traz uma pausa filosófica ou espiritual para o período, segundo a astróloga Sara Koimbra.

“Na astrologia, um retrocesso é sempre algo desafiador, uma pausa, um período de introspecção e reflexão nas áreas governadas pelo planeta em questão. No caso de Júpiter, que adora nos mover para frente e se expandir, essa pausa é filosófica ou espiritual”, afirma a astróloga.

O planeta retrocede no signo de Aquário e fica neste movimento até 14 de setembro deste ano, quando entra em Capricórnio. Segundo a especialista, neste período é possível ter que lidar com questões específicas envolvendo crescimento e desenvolvimento, felicidade e sucesso. “Geralmente, ele destaca quaisquer comportamentos destrutivos que possamos ter e que estejam fora de controle”, conta Koimbra.

Com a retrogradação em Aquário, as grandes mudanças são analisadas. Sara explica que “é o momento em que você questiona suas crenças, valores que a organização da sociedade nos impôs e não leva tudo ao pé da letra”. E ainda avisa: “Júpiter retrógrado não é favorável para especulação, investimentos ou jogos de azar, pois as chances de ganhar são menores durante este período”.

Sara Koimbra atua há mais de 10 anos como astróloga, numeróloga e taróloga. Alia seus conhecimentos a terapias e orientação vocacional para adolescentes em busca da primeira profissão e adultos que querem se reinventar profissionalmente. Atua também com avaliação da política usando suas técnicas.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia