JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 24 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Homofobia: Polícia Federal retira homem de voo que chamou comissário de "viadinho"

O xingamento ocorreu porque o passageiro não gostou de ser 'incomodado' pelo comissário

16/09/2020 - 07:57:57. Última atualização: 16/09/2020 - 08:23:20.


A Polícia Federal precisou intervir em voo para retirar passageiro que xingou comissário de bordo

A Polícia Federal precisou interceder em aeronave da companhia aérea Latam após um passageiros agredir verbalmente um comissário de bordo. O fato ocorreu no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O comissário estava no exercício regular de seu trabalho e solicitou ao passageiro que levantasse o encosto do assento para a decolagem. O homem, que estava dormindo, não gostou de ser “incomodado” pelo comissário e reagiu ofensas homofóbicas: “Viadinho de bosta”. O trabalhador relatou o caso ao seu superior, que também foi alvo de xingamentos do homem: “outro bosta”.

Pelo Twitter, a Latam se pronunciou sobre o caso e criticou a conduta do passageiro.

“Esclarecemos que foi solicitado o apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque de um passageiro do voo LA3333 (São Paulo/Guarulhos – Fortaleza) da manhã de hoje (14) em função de comportamento indisciplinado. Repudiamos veementemente qualquer tipo de ofensa e qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa. Estamos à disposição”, declarou a empresa por meio de seu perfil oficial na rede social.

Leia mais


DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia