JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 02 de abril de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Religiões de matriz africanas suspendem cultos, mas plantões espirituais seguem sendo realizados sem aglomerações

Confira também quais são as recomendações para manter a espiritualidade durante o isolamento e ser produtivo

25/03/2020 - 00:00:00. - Por Raiane Duarte

As casas e os terreiros de Umbanda e do Candomblé em Uberaba suspenderam os cultos e demais atividades com grande número de pessoas. A informação foi repassada por Carlos Costa (Babá Carlos), Presidente da Federação de Umbanda e Candomblé de Uberaba e Região (Feucur) e Babalorixá da casa Axe Opo Baru, Roça dos Marimbondos.

Foi feito comunicado para os 120 filiados da entidade, solicitando que todas as casas suspendessem as atividades públicas seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e também das diretrizes do município.

“Apenas questões urgentes que não podem ser suspensas e de cunho religioso estão sendo realizadas, mas com, no máximo, uma ou duas pessoas envolvidas, que são as de socorro espiritual”, explica.

Babá Carlos também acrescenta que, devido ao temor causado pela pandemia, os membros das casas estão fazendo plantões 24h, por meio das redes sociais e dos telefones para oferecer auxílio. “Seja uma orientação, uma oração para acalmar e abrandar o coração das pessoas”, conta.

Previsões
O líder religioso também pontuou que, durante as previsões feitas na virada do ano para 2020 foram apontadas mudanças. “Nas previsões que fizemos, vimos que este ano seria regido pelo orixá Xangô e que seria um ano onde a justiça seria feita”. Babá Carlos explica que Xangô usa um martelo duplo, que representa a capacidade de cortar para dois lados, direita e esquerda o que significa que aquilo que foi errado será cobrado e que for certo irá ficar. “Também vimos que iria surgir uma nova doença e que ela ia deixar todos preocupados, não sabíamos o que era, mas foi falado nas previsões”.

Conselho: procure a espiritualidade
Babá Carlos reforça a importância de seguir as recomendações dos órgãos de Saúde e dos decretos municipais. Ele também recomenda que as pessoas utilizem este tempo de isolamento para buscar a religiosidade.

Ele afirma que é um momento de rezar, de pedir perdão e de se aproximar da família. “Que as pessoas procurem a religiosidade e peçam perdão no que diz respeito aos erros com o sagrado, além dos erros com as pessoas, os que cometeram com Deus, com os orixás, com os guias, com os santos. É tentar se consertar e se melhorar, olhando para trás, para as pessoas que você magoou e feriu”.

“O plano espiritual está olhando para a terra e está vendo um mundo mais limpo e mais puro, as vibrações estão mais positivas neste planeta. Essa é a mensagem que temos recebido do mundo espiritual, independente de aqui na terra estar estarmos passando por uma pandemia. O plano espiritual olha para a terra e vê uma terra melhor, porque o ser humano está sendo obrigado a se tornar melhor. Meu conselho é: se conserte com a espiritualidade e com os erros que cometeu com sua fé.”
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia