JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 13 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Tempo médio de desemprego no país já dura 14 meses

Pesquisa divulgada hoje pelo SPC Brasil e CNDL mostra que os desempregados, em sua maioria, têm filhos para criar

Última atualização: 20/02/2018 - 11:12:03.

 Foi divulgada nesta terça-feira (20) pesquisa feita pelo SPC Brasil e CNDL, revelando o perfil dos desempregados no Brasil. A maioria tem filhos para criar, concluiu o ensino médio e tem, em média, 34 anos. Além disso, 61% dos desempregados está disposto a ganhar menos para garantir uma vaga.

Mesmo que esteja começando a abaixar, o número de brasileiros à espera de uma oportunidade ainda é alarmante, acumulando 12,3 milhões de pessoas no final de 2017. Além disso, o levantamento do SPC Brasil e CNDL mostra que o tempo médio em que a pessoa permanece desempregada é de 14 meses – o número é maior do que o observado em 2016, quando girava em torno de 12 meses.

Segundo o estudo, o desempregado brasileiro tem o seguinte perfil: sexo feminino (59%), com média de 34 anos, ensino médio completo (54%), classe C/D/E (95%) e com filhos para criar, a maioria menor de idade (58%). Entre os que já tiveram outro emprego, 34% dos desempregados atualmente atuavam no segmento de serviços, 33% no comércio e 14% na indústria. A média de permanência no emprego anterior foi de dois anos e nove meses.

Ainda falando sobre o emprego anterior, 40% dos desempregados eram formais, ou seja, com carteira assinada, 14% estavam na informalidade e outros 11% eram profissionais liberais ou autônomos; 8% estão em busca da primeira oportunidade profissional.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia