JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 18 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 11/01/2021


Continua depois da publicidade


5 dicas para viagens seguras sem vacina

Sem data confirmada para o início da imunização contra a Covid-19 no Brasil, cuidados podem garantir férias com menos preocupação enquanto perdurar a pandemia

Passados meses, infelizmente a pandemia de coronavírus ainda não foi superada. Apesar da promessa da vacina, o surgimento de novas cepas do vírus acende novamente o sinal de alerta.

Por outro lado, depois de quase um ano sem sair de casa, muitas pessoas já estão cansadas mentalmente e ansiosas para mudar o cenário. A dúvida é: como fazer viagens mais seguras em meio à pandemia?

Por isso, reuno na coluna de hoje cinco conselhos que podem eliminar alguns riscos e facilitar a organização de aventuras em 2021. Confira: 

Vá de carro!

Ao viajar de carro você evita o contato prolongado com muitas pessoas em ambiente fechado e sem distanciamento social. Por isso, será uma experiência menos estressante que um voo ou encarar horas em um ônibus lotado de estranhos.

Veja mais: Pé na estrada

Verifique se a hospedagem cumpre medidas de segurança

O maior fator de preocupação em hotéis, pousadas e resorts é o comportamento dos outros hóspedes. Clientes que se aglomeram ou que não respeitam a obrigação de usar máscaras nos ambientes fechados e áreas de uso comum põem a sua saúde em risco e acabam com o seu sonho de uma viagem relaxante.

Não dá para prever quando você vai encontrar hóspedes assim no seu hotel. Mas é possível precaver conferindo com antecedência se o hotel está atento à implantação dos protocolos sanitários.

Uma dica é ler as avaliações de hóspedes recentes, pois muitas pessoas estão compartilhando detalhes sobre a aplicação dos procedimentos de higiene na pandemia.




Continua depois da publicidade

Leia também: Turismo de isolamento: a tendência para as férias de fim de ano 

Escolha um destino à prova de aglomeração

Destinos próximos de grandes cidades são lugares onde a aglomeração sempre foi um atrativo. Muita gente escolhe esses destinos justamente por causa do movimento. Por isso, vale a pena investir em lugares menores e pacatos, à prova de aglomerações:

  • Cidades de montanha com hospedagem em chalés
  • Praias de acesso restrito e sem muvuca de barracas
  • Destinos de natureza sem obrigatoriedade de passeios em grupo
  • Lugares desse tipo rendem viagens seguras e mais proveitosas, livres do stress neste momento da pandemia.

Veja mais: 5 destinos brasileiros para curtir sem aglomeração 

Tem disponibilidade? Viaje em dias úteis

Fora de férias, feriados e fins de semana, praticamente todo destino turístico brasileiro estará meio vazio -- mesmo os lugares mais perto das capitais e com as praias mais procuradas.

Em lugares como Campos do Jordão, Gramado, Paraty, Ilhabela e Pirenópolis, a aglomeração é norma no fim de semana. Porém, tudo geralmente estará super tranquilo de segunda a sexta. Aproveite! 

Se viajar em feriadão, prefira alugar uma casa

Daqui até a vacina, os viajantes mais privilegiados são os que podem viajar fora de feriadão.

No entanto, se você só pode viajar em feriadões, um jeito de minimizar o risco e o stress é alugar uma casa de temporada no AirBnB.

Mas não qualquer casa: uma casa bacana. Que seja um destino em si. Uma casa que proporcione essa escapada da quarentena e possa fazer você prescindir de sair à noite ou mesmo fazer muitos passeios de dia. Você viaja no feriado, mas só se aglomera em família.

*Gisele Barcelos é uma jornalista viajante, apaixonada por pesquisar novos destinos e montar roteiros para aventuras pelo mundo afora. Além do conteúdo para o portal do Jornal da Manhã, é autora do blog Checklist Mundo e do instagram Checklist Mundo, onde compartilha dicas para ajudar todo mundo a viajar mais e melhor.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia