JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 11 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Uberaba envia documentos para Mapa do Turismo Brasileiro

Termina em 31 de maio prazo para entregar documentos ao governo federal para a elaboração novo Mapa do Turismo Brasileiro

- Por Gisele Barcelos Última atualização: 28/05/2017 - 14:12:38.

Termina no dia 31 de maio o prazo para entregar documentos ao governo federal para a elaboração novo Mapa do Turismo Brasileiro. Uberaba teve problemas no ano passado com o envio dos dados e acabou fora do levantamento, mas administração local assegura que o material já foi enviado este ano para a próxima edição do mapa.

De acordo com a secretária-adjunta de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Anne Roy Nóbrega, toda a documentação foi entregue na última semana ao representante da Associação dos Municípios de Interesse Turístico da Alta Mogiana (Amitam), circuito de turismo ao qual Uberaba está integrada.

A secretária informa que o órgão é responsável pelo cadastramento das informações junto ao governo federal de todas as cidades pertencentes ao circuito. Segundo ela, o processo está todo organizado e não há risco de complicações como ocorreram no ano passado, prejudicando Uberaba e outros municípios da região. “Em 2016, a associação teve uma falha e não encaminhou o material. Mas agora a entidade está funcionando bem. Já estamos no mapa estadual e vamos aguardar a análise dos documentos pelo governo federal”, salienta.

Nóbrega posiciona que o resultado do Mapa do Turismo Brasileiro 2017 está previsto para sair no segundo semestre deste ano. Ela reforça que a inclusão no levantamento federal é importante porque somente os municípios citados no estudo podem receber verbas do Ministério do Turismo.

Até a edição de 2013, Uberaba fazia parte do Circuito Turístico dos Lagos junto com outras 13 cidades no Mapa de Turismo Brasileiro, porém o roteiro não constou na versão atualizada em 2016 e a cidade não foi incluída em nenhum outro grupo.

A exclusão do levantamento ocorreu porque a documentação dos municípios não foi enviada dentro do prazo. A justificativa foi a substituição do circuito dos lagos pelo Circuito Alta Mogiana. O problema teria sido a falta de tempo hábil para concluir a parte burocrática e a apresentação do CNPJ e dos documentos do novo circuito.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia