JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 30 de junho de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Vice de Zema segue indefinido e só deve ser anunciado em julho ou agosto

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

18/05/2022 - 07:33:04.

Nos bastidores, cogita-se os deputados Marcelo Aro (PP) e Bilac Pinto (União Brasil) para compor a chapa com Zema (Foto/Jairo Chagas)

Rumos políticos do governador Romeu Zema (Novo) ainda seguem indefinidos a menos de cinco meses das eleições em outubro. Em declaração dada na tarde desta terça-feira (17) durante evento em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, o governador deixou claro que o nome que comporá sua chapa somente será anunciado entre 20 de julho e 5 de agosto, que é o período em que a legislação eleitoral permite a realização de convenções partidárias.

“Vice será escolhido só na data-limite, muita coisa vai acontecer”, disse Zema. Ainda de acordo com o chefe do Executivo estadual, as articulações para possíveis alianças estão sendo feitas pelo seu secretário de Estado de Governo, Igor Eto. “Igor é quem tem feito todas as alianças, as conversas. A minha função é fazer Minas dar certo e ele está fazendo a parte política. No momento oportuno, ele estará me convocando para definirmos isso. Será definido igual opção partidária, quase todos os candidatos fizeram sua opção no último dia”, afirma.

Entre os mais cotados para assumirem o posto estão Bilac Pinto (União Brasil) e Marcelo Aro (PP). Caso se confirme, a composição da chapa será uma novidade para o Partido Novo, cuja tradição é lançar apenas chapas puras, ou seja, compostas por membros da própria sigla. 

Olavo Bilac Pinto Neto é atualmente deputado federal pelo União Brasil e está em seu quarto mandato. Antes do União Brasil, Bilac Pinto já foi filiado ao PL, ao PR e estava no antigo DEM nas últimas eleições. Ele já desempenhou diversas posições na articulação política em Belo Horizonte, assumindo a secretaria de Governo em diferentes momentos, inclusive como cargo de confiança do ex-governador Aécio NEves (PSDB). Bilac Pinto é neto do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Olavo Bilac Pinto. Ele iniciou sua vida pública como deputado estadual, em 1994, pelo extinto PFL. Entre suas atuações, Bilac Pino votou a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, foi favorável à PEC do Teto dos Gastos Públicos e à votação da Reforma Trabalhista. Foi contra a investigação do ex-presidente Michel Temer.

Marcelo Guilherme de Aro Ferreira também é deputado federal por Minas Gerais, filiado ao PP, e começou sua carreira política como vereador de Belo Horizonte, eleito em 2012, aos 25 anos. Marcelo Aro chegou à Câmara dos Deputados em 2014, eleito pelo PHS, e se tornou no ano seguinte o diretor de Ética e Transparência da CBF, a convite do então presidente Marco Polo Del Nero. Entre suas atuações, Aro votou a favor do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mas esteve ausente na votação pela cassação do ex-deputado Eduardo Cunha. Ainda em suas votações, Aro foi contra o processo que pedia a abertura de investigação do então presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal sobre ele. Aro também votou contra o afrouxamento de regras da reforma da Previdência para professores, mas a favor de determinações similares aos policiais; votou a favor da Reforma da Previdência e da privatização da Eletrobras e dos Correios. Também foi favorável à PEC dos Precatórios, que permitiu a ampliação do orçamento secreto; e a favor do aumento do fundo eleitoral para R$  4,9 bilhões.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar