JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 10 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Ao lado de Lula, André Janones anuncia retirada de candidatura à Presidência

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

04/08/2022 - 19:16:34. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 04/08/2022 - 19:22:28.

 

 

Após encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quinta-feira (4) em São Paulo. O deputado federal André Janones (Avante) anunciou a retirada da candidatura à Presidência e declarou apoio ao petista na disputa para o Palácio do Planalto este ano. O comunicado foi feito nas redes sociais do parlamentar, numa transmissão ao vivo com a participação de Lula.

No vídeo, Janones justificou que Lula vai incorporar no plano de governo propostas como renda básica, benefício social dobrado para mães solo e criação de uma secretaria de saúde mental para tratar a depressão no país, entre outras propostas.
"Vocês que acompanham nosso mandato como deputado federal por Minas Gerais sabem que a nossa luta sempre foi em defesa dos que mais necessitam, os trabalhadores, os mais pobres [...] O Lula tá encampando as nossas propostas. Nesse momento, a gente retira a candidatura e unifica, passa a ser representada pela do presidente Lula ", disse.
Além de posicionar que o acordo foi possível após Lula aceitar as propostas defendidas pelo Avante, Janones ressaltou que o petista também se comprometer a ampliar o “Auxílio Brasil” após as eleições. Segundo o deputado mineiro, o atual presidente Jair Bolsonaro criou o Auxílio Brasil de forma oportunista em período eleitoral e com prazo de validade apenas neste ano.

Eu jamais me aliaria àqueles que utilizam a fome dos mais pobres, dos mais necessitados, apenas em tempos de eleições, como foi feito pelo atual governo, mas sim com alguém que dedicou a vida inteira ao combate à fome”, afirmou Janones.

No vídeo, Lula agradeceu o apoio e disse que “é uma honra” ter como aliado um parlamentar que dedicou o mandato ao combate à fome no país.

"É uma honra pra mim estar com um companheiro que foi eleito deputado e que colocou o mandato dele à disposição de combater a fome no país. Por isso é com muito orgulho que vamos andar por esse Brasil dizendo que vamos acabar com a fome", manifestou o ex-presidente.
Também participaram da reunião que sacramento a aliança o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa do petista; a presidenta do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR); e o senador Jacques Wagner (PT-BA), um dos coordenadores da campanha do ex-presidente.

O acordo entre Janones e o ex-presidente já era aguardado, principalmente após a Justiça Eleitoral considerar que houve fraude na chapa do partido Avante, que teria inscrito menos candidaturas femininas do que o exigido pela legislação eleitoral em 2018.


Lula e Janones começaram a dar sinais de aproximação na última quinta-feira (28). Em postagem nas redes sociais, o deputado acenou para a possibilidade de apoiar o nome do petista para a Presidência, desde que a campanha do PT se comprometesse com propostas consideradas indispensáveis pelo parlamentar mineiro. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar