JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 27 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

MEC volta atrás em decisão que determinava retorno das aulas em universidades em janeiro

Uma consulta pública deverá ser aberta antes que seja tomada nova decisão

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

02/12/2020 - 15:58:59. Última atualização: 02/12/2020 - 16:00:02.

O Ministério da Educação vai voltar atrás na decisão que determinava o retorno das aulas em universidades federais a partir de janeiro. A informação foi passada pelo ministro Milton Ribeiro à emissora de televisão CNN na tarde desta quarta-feira (2). Uma consulta pública deverá ser aberta antes que seja tomada nova decisão.

"Quero abrir uma consulta pública para ouvir o mundo acadêmico. As escolas não estavam preparadas, faltava planejamento", disse o ministro à CNN.

A portaria foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira e determinava o retorno presencial a partir de 4 de janeiro de 2021. Para isso, as instituições deveriam adotar um "protocolo de biossegurança", definido na Portaria MEC nº 572, de 1º de julho de 2020, contra a propagação do novo coronavírus (covid-19).

O documento estabelecia ainda a adoção de recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais, que deverão ser “utilizados de forma complementar, em caráter excepcional, para integralização da carga horária das atividades pedagógicas”.

O texto da portaria diz, também, que as “práticas profissionais de estágios ou as que exijam laboratórios especializados, a aplicação da excepcionalidade”, devem obedecer as Diretrizes Nacionais Curriculares aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), “ficando vedada a aplicação da excepcionalidade aos cursos que não estejam disciplinados pelo CNE”. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia