JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 30 de novembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Postulantes do 2º turno apresentam gastos mais baixos que derrotados

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

19/11/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

No páreo para a disputa do segundo turno, Tony Carlos (PTB) já recebeu R$683.234 para aplicação na campanha e gastou R$482.663,72 na fase inicial da campanha. Já a concorrente Elisa Araújo (Solidariedade) teve arrecadação de R$423.650 e soma um total de R$94.041,70 em despesas contratadas até o momento.

A prestação de contas do candidato do PTB foi atualizada no dia 13 de novembro. Até a data, Tony havia recebido R$295 mil em doações da direção nacional do PSDB, sigla da vice Teresinha Cartafina, e mais R$100 mil em verba do diretório estadual do PTB. Além disso, o prefeitável teve R$263.234,00 em contribuições de pessoas físicas e aplicou R$25 mil em recursos próprios.

Das despesas contratadas para o primeiro turno da campanha, os principais gastos foram com a produção de programas de rádio, televisão ou vídeo; confecção de adesivos e materiais impressos; serviços advocatícios; e publicidade por jornais e revistas.

Já a prestação de contas de Elisa foi atualizada no dia 16 de novembro, um dia após a votação do primeiro turno. Dos recursos arrecadados pela candidata do Solidariedade, R$310 mil foram repassados pela própria direção do partido em Minas Gerais. Outros R$110.650,00 são contribuições de pessoas físicas.

Dos gastos contratados até o momento, a maior parte foi destinada ao pagamento de serviços contábeis, advocatícios e de terceiros para a campanha, além da confecção de material impresso para publicidade. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia