JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 27 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Prefeitura emite nota informando retomada das atividades escolares no município

24/09/2020 - 00:00:00.


Após Estado autorizar reabertura das escolas a partir do dia 5 de outubro, Prefeitura emitiu nota oficial e informou que a retomada das atividades em Uberaba está condicionada à segurança dos alunos. O texto também reforçou que um cronograma vem sendo trabalhado e aponta a possibilidade do retorno das atividades presenciais na rede municipal a partir de 19 de outubro.

Conforme a nota, o comitê técnico de enfrentamento ao coronavírus se reunirá na próxima semana com representantes das escolas municipais para repassar um protocolo padrão de retomada das atividades. As normas estão sendo definidas com base em orientações apresentadas pelo Conselho Municipal de Educação em agosto, com diretrizes para a recepção dos estudantes, dos pais e responsáveis, dos profissionais; reorganização dos ambientes escolares com medidas restritivas de distanciamento social; higienização dos espaços com medidas individuais e coletivas.

O comunicado oficial da Prefeitura ainda ressalta que o eventual retorno das aulas será avaliado por cada estabelecimento de ensino. “A possibilidade de flexibilizar por parte do Município terá base técnica, mas a decisão caberá ao corpo técnico da escola, aos pais e às crianças, sem pressão ou açodamento, com diálogo e responsabilidade. Nada será imposto”, continua o texto.

A nota da Prefeitura também informa que as famílias terão liberdade de escolher em manter os seus filhos ainda em casa com educação remota, ou poderem encaminhá-los para a aula presencial nas escolas. O texto ainda assegura que a estrutura física estará preparada para receber os estudantes.

Além disso, o prefeito Paulo Piau manifesta na nota oficial que, até o momento, existe apenas uma previsão e o cronograma pode ser revisto. “Ninguém vai reabrir nada se não for com absoluta segurança. Mas temos que avançar no planejamento, pois não é possível abrir tudo e deixar as nossas crianças sem aula. Certamente na semana que vem estaremos avançando nesta discussão [...]. Porém, isso não significa uma abertura automática. Se chegar lá e ficar demonstrado que os índices não estão bons, as atividades continuarão suspensas”, afirmou. 

Leia mais

Continua depois da publicidade

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia