JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 12 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Fibra ótica pública deverá garantir internet de graça na região central

12/07/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Praça Rui Barbosa está entre os lugares que devem receber fibra ótica e disponibilizar acesso à internet pública para usuários. A informação é do presidente da Codiub, Denis Silva, que falou sobre o contrato firmado este mês para a instalação de 80 quilômetros de fibra ótica em Uberaba.

Denis afirma que reuniões já estão acontecendo para definir qual será o traçado da rede própria de fibra ótica a ser implantada pela Prefeitura e mapear os locais públicos que poderão disponibilizar o wi-fi gratuito. Segundo ele, a praça Rui Barbosa é um dos endereços já definidos. "Por uma questão histórica, a gente deve começar do coração do centro da cidade: a praça Rui Barbosa. O nosso projeto é fazer ali um espaço conectado", revela.

Questionado, o presidente da Codiub declara que o calçadão da rua Artur Machado também pode ser contemplado. "O calçadão é um lugar histórico e que o uberabense gosta, então acho fundamental", disse, acrescentando que a proposta também inclui áreas públicas em bairros da periferia.

No entanto, Silva ressalta que o wi-fi em praças é apenas um dos benefícios do contrato para a implantação da rede pública de fibra ótica. Segundo ele, a ferramenta também permitirá interligar os sistemas de unidades de saúde, escolas e demais órgãos públicos, agilizando a troca de informações. Além disso, pode garantir a disponibilidade de internet em prédios públicos da zona rural, hoje ainda não atendidos pelas redes de dados comerciais.

Continua depois da publicidade


Denis também afirma que a previsão seria reduzir em cerca de 60% os gastos da Prefeitura com internet devido à implantação de uma rede própria. "Segundo o nosso levantamento, apenas com um dos contratos hoje, o município gasta, em média, R$160 mil a R$180 mil por mês. Com a rede pública, gastaria no máximo R$40 mil a R$50 mil", estima.

O contrato para a implantação da rede pública de fibra ótica e modernização do data center foi assinado na semana passada. O serviço será executado pela empresa Tecno-It Tecnologia, Serviços e Comunicação Ltda., que receberá R$5 milhões. 
 


Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia