JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 13 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau chora em vídeo e faz críticas à decisão da Justiça Federal

28/05/2020 - 06:51:37. - Por Gisele Barcelos

Em vídeo publicado na noite de ontem (27), prefeito Paulo Piau (MDB) chorou e se declarou indignado por decisão da Justiça Federal que suspendeu decreto publicado esta semana pela administração municipal. O chefe do Executivo também argumentou que desconhece o embasamento técnico do juiz Élcio Aruda para questionar a reabertura gradual da economia na cidade.

Na mensagem, Piau manifestou que irá até a última instância para derrubar a decisão da Justiça Federal. “Eu confio na Justiça, embora seus membros possam cometer erros. Quero dizer que todos os recursos possíveis para derrubar a suspensão do decreto serão tomados”, reforçou.

O chefe do Executivo também criticou diretamente a decisão do juiz federal e disse que suspensão do decreto publicado esta semana afrouxou as regras para conter a disseminação do vírus em Uberaba. “Eu não entendi a decisão. O cancelamento do decreto enfraquece as medidas de combate ao coronavírus, além de causar desemprego e fechamento de empresas na cidade”, argumentou.

Além disso, o prefeito contestou a fundamentação do magistrado para suspender o plano de retomada gradativa da atividade econômica do município. “No meio do caminho, apareceu a caneta de um juiz que me deixou indignado. A Prefeitura toma decisões baseadas em informações técnicas. Temos um comitê formado por profissionais da mais alta competência e eles que dão suporte para que o prefeito tome as decisões. Não conheço se lá, junto ao juiz, tem um comitê ou tem pessoas técnicas. Eu não as conheço”, disse.

Piau ainda defendeu que, se a Justiça Federal também possui um grupo de especialistas para respaldar as decisões na área da Saúde, o ideal seria que os profissionais pudessem se reunir com os integrantes do comitê municipal para esclarecer o impasse e avançar em torno das ações de enfrentamento ao coronavírus na cidade.

De acordo com o prefeito, Uberaba já cumpriu 70 dias de regras rígidas de distanciamento social e houve êxito em evitar a saturação da rede hospitalar. “A Prefeitura tomou as medidas certas, na hora certa. Com isso, conseguimos que as pessoas não adoecessem rápido para precisar de um leito hospitalar ao mesmo tempo”, ressaltou.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia