JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 19 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Zoonoses entrará no imóvel da antiga Copervale para executar a limpeza

Imóvel que foi sede da Copervale está em estado de abandono e já virou alvo de incêndio criminoso por várias vezes

14/02/2020 - 07:05:40. - Por Gisele Barcelos

Arquivo


Imóvel que foi sede da Copervale está em estado de abandono e já virou alvo de incêndio criminoso por várias vezes

Após notificação na semana passada, antigo prédio da Copervale não teve limpeza executada e será alvo hoje de operação do Centro de Controle de Zoonoses. O imóvel foi um dos primeiros a serem autuados devido à presença de criadouros do mosquito Aedes aegypti. O prazo para regularização se encerrou agora, mas nenhuma providência foi tomada pelo proprietário.

Diante da situação, foi autorizada a entrada no imóvel na manhã de hoje para a limpeza e retirada de entulhos e recipientes inservíveis que podem acumular água parada. Até o momento a Prefeitura não informou se também será aplicada multa pela infração. Após decretar risco iminente de saúde por causa do Aedes aegypti, a Prefeitura realizou as primeiras notificações de imóveis por concentração de focos do mosquito na semana.

Além do antigo prédio da Copervale, outros dois foram citados pelo município: na rua Osvaldo Cruz (Estados Unidos) e na rua Maringá (Jardim Metrópole). Por enquanto, não há confirmação se os proprietários executaram a limpeza das áreas no prazo estabelecido pela Prefeitura.

A Prefeitura retomou a proposta de multar imóveis com criadouros do mosquito devido ao alto índice de infestação do Aedes aegypti verificado em Uberaba, que aponta alto risco de surto de dengue na cidade. A medida já foi anunciada em outros anos, mas não chegou a ser executada. Agora um decreto foi publicado para estabelecer os trâmites para a notificação dos infratores.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia