JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Novo anuncia que fica fora das eleições em Uberaba este ano

A decisão foi comunicada ontem pela direção estadual da sigla, por meio de nota oficial, e enterrou as tentativas da liderança do Novo na cidade

25/01/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 25/01/2020 - 08:11:44.

Reprodução


Elisa Araújo chegou a ter manifestação de apoio do governador Romeu Zema, mas foi preterida no chamado processo seletivo

Partido Novo não terá candidatos a prefeito e vereador em Uberaba, Uberlândia e Patos de Minas. A decisão foi comunicada ontem pela direção estadual da sigla, por meio de nota oficial, e enterrou as tentativas da liderança do Novo na cidade para tentar viabilizar uma chapa proporcional nas eleições municipais deste ano. 

Em Uberaba, dois nomes estavam no processo seletivo para viabilizar a candidatura a prefeito pelo Novo: Elisa Araújo e Moacyr Lopes. Ambos foram reprovados na avaliação. Com isso, pelas normas da sigla, a cidade também ficaria impedida de lançar chapa de vereadores.

A liderança local tentou buscar uma brecha para não ficar fora das eleições municipais deste ano. Dirigentes verificavam a possibilidade de apresentar novos nomes para o processo seletivo destinado à escolha dos candidatos a prefeito pela sigla ou incluir Uberaba como cidade-exceção para lançar apenas candidatos ao Legislativo. No entanto, posicionamento final da direção estadual enterrou as articulações.

Em nota, o diretório estadual manifesta que se solidariza com o empenho e comprometimento de todos os filiados e núcleos que se dedicaram no processo seletivo, mas posiciona que as cidades não teriam possibilidade de lançar candidaturas devido às regras nacionais da legenda.

O texto ainda informa que os recursos financeiros arrecadados em Uberaba, Uberlândia e Patos de Minas para custear as campanhas não serão gastos com candidatos de outras localidades. Conforme a nota, a verba ficará reservada até que as cidades possuam os próprios diretórios municipais. 

Pela nota, as cidades classificadas no momento para lançar candidaturas majoritárias e proporcionais nas eleições deste ano são Belo Horizonte, Araxá, Contagem e Poços de Caldas. Juiz de Fora foi considerada uma cidade-exceção, onde não haverá nomes para disputa do Executivo e apenas será apresentada chapa de vereadores.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia