JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 09 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau libera obras de UBS do Santa Maria e escola no Residencial Rio de Janeiro

Previsão de entrega das duas obras é para o segundo semestre de 2020 e o trabalho deve ser monitorado para evitar atrasos

14/11/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 14/11/2019 - 07:24:07.

André Santos/PMU


Com a presença de secretários, vereadores e lideranças dos bairros, o prefeito assinou as ordens de serviço da UBS Santa Maria e escola no “Rio de Janeiro”

Ordens de serviço para início de construção de unidade de saúde no Santa Maria e de escola no residencial Rio de Janeiro foram assinadas ontem pelo prefeito Paulo Piau (MDB). As obras devem ser entregues no segundo semestre do próximo ano.

O titular da Secretaria de Serviços Urbanos e Obras, Antônio Sebastião de Oliveira, manifesta que a execução do trabalho será monitorada para evitar atrasos na entrega. “A determinação é dar celeridade às obras, principalmente essas que estão sendo muito esperadas pela população”, pondera.

Já o prefeito lembrou que as casas do Residencial Rio de Janeiro foram entregues sem a construção dos equipamentos sociais porque o governo federal não liberou os recursos para as obras. “Tomamos a decisão de entregar as chaves e tínhamos, na época, a previsão do Ministério das Cidades de que repassaria um cheque de R$13 milhões e 800 mil para a construção. Porém esse dinheiro nunca chegou”, disse, reforçando que as obras agora serão realizadas com recursos de financiamento e emendas parlamentares.

Com previsão de ser concluída antes do fim de 2020, a escola no Residencial Rio de Janeiro terá 12 salas de aula e capacidade para até 380 crianças em tempo parcial, totalizando 720 nos dois períodos. A secretária municipal de Educação, Silvana Elias, anunciou que já está em conversa com o governo do Estado para em formalizar um Termo de Cooperação e abrir o ensino médio à noite na nova escola. 

Já o novo prédio da unidade de saúde no Santa Maria contará com uma área construída de 469,58 metros quadrados e terá três consultórios odontológicos, dois ginecológicos e quatro clínicos, bem como salas de reuniões, vacinação, nebulização, cuidados básicos e medicamentos, entre outros.

Sem ser convidado para evento, Kaká diz ter conseguido recursos para UBS. Alegando não ter sido convidado para a solenidade de assinatura da ordem de serviço para a construção da UBS do bairro Santa Maria, o vereador Kaká Carneiro distribuiu nota à imprensa na qual diz estar com o sentimento de dever cumprido em relação à unidade. Ele lembra que a obra é um antigo pleito do seu mandato e será viabilizada através de seu esforço, pois conseguiu as emendas junto aos então deputados Aelton Freitas (R$800 mil) e Adelmo Carneiro Leão (R$245 mil).

O vereador diz que os recursos somam pouco mais de R$1 milhão e se encontram nos cofres públicos do município. "Serão estes recursos que vão viabilizar a UBS do Santa Maria", reforça o vereador. À PMU caberá apenas a contrapartida de 20%. O vereador cita ainda em sua nota que há anos os moradores são atendidos em uma estrutura precária e deficiente. “A atual unidade funciona em uma casa improvisada, da década de 60”, diz. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia