JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 30 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Preso trio suspeito de envolvimento em furto em centro espírita de Chico Xavier

Biblioteca existente no Centro Espírita teve um dos vidros quebrados e muita coisa no local foi revirada

- Por Renato Manfrim Última atualização: 01/02/2018 - 11:01:32.

Divulgação


Biblioteca existente no Centro Espírita teve um dos vidros quebrados e muita coisa no local foi revirada 


Dois suspeitos de furto de aparelhagem de som, enxovais, cestas básicas, cortador de grama e de outros objetos no Centro Espírita Casa da Prece, e outro por receptação foram presos na tarde de ontem pela Polícia Militar. Parte do material foi apreendida nas residências dos suspeitos. Uma mulher, que pode ter tido participação no furto, continua foragida. O local do crime era onde o médium Chico Xavier realizava os seus atendimentos espirituais.
O boletim de furto foi registrado na Polícia Militar na noite de terça-feira, mas acredita-se que o local - situado na avenida João XXIII, Parque das Américas - foi arrombado e furtado entre a noite de segunda e madrugada ou manhã da terça.

Segundo informações do registro da Polícia Militar, o filho de Chico Xavier, Eurípedes Higino, ao chegar, por volta das 18h de terça-feira ao Centro Espírita, acompanhado de outras pessoas para a reunião do Grupo da Prece, constatou que três portas e uma janela estavam arrombadas e faltando diversos objetos. Ainda segundo relato da vítima, nenhum dos portões de acesso ao quintal foi arrombado e também não havia sinais de escalada nos muros.
O filho de Chico, que postou no Facebook imagens da Casa da Prece revirada pelos bandidos, contou à PM que foram quebradas três portas internas e o vidro da biblioteca, e que os marginais pegaram algumas roupas e as esparramaram pelo corredor. Disse que levaram máquina de cortar grama, aparelhagem de som, equipamento de data show, cerca de 30 enxovais que seriam doados para gestantes carentes e mais cinco cestas básicas.
Como não teve arrombamento dos portões externos e nem havia sinais de escaladas pelos muros, ficou a dúvida de como a dupla retirou o pesado som do local. A Polícia Civil investiga os crimes.

Com informações repassadas por Eurípedes Higino, equipe de Patrulha de Prevenção Ativa da PM identificou dois suspeitos, sendo ambos com passagens policiais. A PM foi até residência na rua Abadio Rodrigues da Cunha, no bairro São Benedito, quando o homem relatou que furtou vários materiais da Casa da Prece em companhia de duas pessoas, sendo uma mulher e outro homem. Posteriormente, os militares se deslocaram até a casa deste segundo suspeito, situada na rua Doutor Solon Fernandes, No Parque das Américas,  onde foi encontrada parte dos materiais furtados da Casa da Prece, ou seja, duas trouxas de roupas e um balde com diversas peças de roupas. Ainda conforme a PM, o segundo suspeito também confessou o furto e disse ainda que vendeu um enxoval de criança para indivíduo que mora na rua Tangará. Desta forma, neste local foi localizado o suspeito de receptação, que confirmou que havia comprado o material furtado. Durante as buscas em sua residência também foi apreendida uma ‘bucha’ de maconha.

Diante disto, foi dada voz de prisão para um dos suspeitos por furto e ameaça, para outro por furto e ao terceiro envolvido por receptação e porte/uso de drogas. Os presos foram encaminhados, juntamente com os materiais apreendidos, para a Delegacia de Plantão para as próximas providências. Até o fechamento desta edição, a mulher suspeita de ter participado do furto não havia sido localizada. 
 

 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia