JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 04 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Bombeiros encontram ninhada de cachorros durante combate a incêndio em Uberaba

Os militares foram chamados também para debelar outro incêndio, este na Univerdecidade

15/07/2020 - 11:39:35. Última atualização: 15/07/2020 - 16:01:44.

Fotos/Jairo Chagas e BBMG


 Militares do Corpo de Bombeiros combateram as chamas em veículos em duas ocorrências na manhã desta quarta-feira, 15, em Uberaba. 

O primeiro chamado foi na avenida Randolfo Borges júnior, bairro Univerdecidade. Os militares foram chamados para combater a chamas em vegetação que pode ter iniciado em um veículo. A suspeita de que o veículo, uma caminhonete, seja produto de crime e tenha sido abandonada e incendiada pelos criminosos. Com as chamas, o veículo foi totalmente destruído.

A segunda ocorrência foi registrada na rua Novembro, bairro Vila Arquelau. De acordo com as informações preliminares, vários veículos foram atingidos pela chamas em uma oficina mecânica. Não foram divulgadas as causas do incêndio.

Continua depois da publicidade

Durante o combate ao fogo os militares encontraram uma ninhada de cães entre os veículos. Os primeiros animais encontrados foram salvos. Contudo, quatro filhotes foram localizados durante o rescaldo do incêndio, já sem vida.

O proprietário da oficina ficará responsável pelos animais.

De acordo com informações do comandante do 8º Batalhão de Bombeiros Militar, tenente coronel Anderson Passos, um ajudante colocou fogo em papel numa lata próximo aos veículos, descuidou-se e o fogo passou para o veículo Escort, que foi totalmente incendiado. Outros dois veículos foram atingidos com pequenos danos na lataria. Várias peças também foram queimadas. Uma estrutura, telhado de madeira, foi incendiada e ficou parcialmente danificada.

Vale lembrar que o dia 15 de julho é quando normalmente se inicia o período mais crítico dos incêndios em vegetação em Minas Gerais. Por isso, o Corpo de Bombeiros pede a ajuda da população não só para não colocar fogo para limpar terrenos, como também para denunciar no 193 ao ver algum incêndio.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia