JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 09 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Homem assassina pai idoso a pauladas por achar que ele era um vampiro

06/07/2020 - 00:00:00.

Após ter espancado o pai, de 92 anos, até à morte, um norte-americano foi condenado a 30 anos. Douglas Novak afirmou que pensava que seu pai "era um vampiro". Após o assassinato, o autor ainda realizou um ritual para “garantir” que ele estava morto. Crime ocorreu em Hempfield, no estado da Pensilvânia

Novak contou que após ter ciência do "lado sombrio" do pai, o espancou até a morte em sua casa. Depois, arrastou o corpo para sua cama. Por lá, ficou dois dias ao lado do pai "à espera que ele acordasse para poder lhe pregar uma estaca no coração, porque é assim que se matam os vampiros", conforme relatou ao juiz.

Enquanto isso, Douglas acendeu uma série de velas ao redor da cama e iniciou um ritual com o objetivo de "prender" o espírito do pai. As velas acabaram causando um incêndio, que alertou as autoridades e permitiu a descoberta do crime macabro.

Continua depois da publicidade

O advogado do homem alegou que Novak sofre de distúrbios mentais, como transtorno bipolar e esquizofrenia, e que não tomou sua medicação quando atacou o pai. Porém, a acusação afirmou que em seu primeiro interrogatório, o homem tinha confessado que atacou o pai por ele ter lhe tirado o telefone celular.

Devido histórico de doença mental, poderá sair em liberdade condicional daqui a 10 anos.

*Com informações O Tempo

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia