JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 27 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Operação conjunta da PF e PC prende em Uberaba membro de facção acusado de homicídio e outros crimes

O acusado usava identidade falsa e atuava em revenda de veículos para a lavagem de dinheiro

08/04/2020 - 17:04:05. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 08/04/2020 - 17:24:59.

Foto/divulgação

Polícia Federal (PF) deflagrou operação “Saepta” em conjunto com a Polícia Civil e cumpriu três mandados de busca e apreensão em Uberaba. O mandado judicial foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Uberaba e cumprido na quarta-feira (8).

Comunicado da PF aponta que a representação foi feita pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO/MG) e as investigações começaram em março deste ano, visando combate a uma organização criminosa, e identificaram um homem utilizando nome falso para não ser preso.

O homem é condenado por homicídio qualificado em São Paulo e se utilizava dos documentos adulterados para se manter livre. Segundo comunicado da PF, “há indícios de que o foragido seja membro de uma facção criminosa”.

Balanço da operação detalha diz que as buscas ocorreram em duas residências e em uma loja de revenda de veículos de propriedade do investigado, que estava sendo utilizada para movimentação de recursos financeiros da facção. Caso seja condenado, o homem poderá cumprir até 23 anos de prisão pelos crimes de falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

O nome da Operação tem origem no latim e significa “vida oculta”, como menção ao método utilizado pelo investigado para se manter solto. Por fim, o comunicado detalha que a PF seguiu todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia