JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 29 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Homem é assassinado em Ibiá; autor afirma ter matado pessoa errada

Vítima, autor e o “alvo” correto possuem passagem pelo sistema prisional

05/04/2020 - 11:50:32. Última atualização: 05/04/2020 - 13:03:42.

Na tarde deste sábado (04), por volta das 16h, a Polícia Militar de Ibiá (MG) recebeu várias ligações via 190 relatando um homicídio no bairro Dona Maroca. Segundo as informações, a vítima estava caída no chão com ferimentos provenientes de arma de fogo.

De imediato a equipe se deslocou para o local, fez o isolamento e acionou a pericia. Minutos após a ambulância chegou e constatou que a vitima já estava sem sinais vitais.

Populares relataram que o autor chegou em um veículo preto e efetuou dois disparos. Logo em seguida, fugiu tomando rumo ignorado. Momentos depois uma denúncia chegou na sala de operações e informou onde estava o assassino. Os militares foram até a referida casa e o autor tentou se desvencilhar da prisão, sendo necessário o uso de técnicas de imobilização para contê-lo e algemá-lo.

Após a prisão, a sala de operações recebeu outra denúncia anônima relatando que quem teria levado o autor até o local do crime. Durante diligências, dois homens foram localizados e presos, o veículo utilizado para dar fuga ao autor foi apreendido e removido ao pátio credenciado pelo Detran

O autor assumiu a autoria do crime, contudo disse que havia matado o cara errado. O alvo correto seria outro homem e o motivo seria vingança, por este individuo ter assassinado um primo do autor.

Em consulta ao sistema informatizado, a PM constatou que o autor saiu recentemente do sistema prisional, onde cumpria pena pelo crime de roubo. A vítima também possui uma extensa ficha criminal. Já individuo, que seria a vítima desejada pelo autor, encontra-se preso.

A arma utilizada no crime, bem como um quarto co-autor, não foram localizados até o presente momento, diligências continuam no sentido de localizá-los.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia