JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Jovem denuncia padrasto por estupro

A vítima dormia sono profundo após tomar remédio e acordou com o homem a violentando

24/01/2020 - 16:26:07. Última atualização: 24/01/2020 - 17:12:08.

Uma jovem, de 25 anos, denunciou o padrastro, de 35 anos, por estupro. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar no início da tarde desta sexta-feira (24).

A mulher procurou a Área Integrada de Segurança Pública (AISP) acompanhada de sua psicóloga e contou que chegou em casa de madrugada, por volta da 1h da manhã, e tomou um remédio para dormir. No meio da noite, às 3h da manhã, acordou com o padrasto em cima dela.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima percebeu o homem a violentando, reagiu tentando empurrá-lo sendo que o autor segurou a boca dela na tentativa de silenciá-la.

Por conta da movimentação no quarto, a mãe da vítima, de 48 anos, foi até o cômodo, porém, após o ocorrido, o homem se levantou da cama e foi tomar banho para dormir. A jovem saiu e para a residência de uma amiga.

Pela manhã, a vítima procurou a posto policial para fazer a denúncia.

Em depoimento aos policiais militares, o homem relatou que consumiu bebida alcoólica durante a noite, depois foi para o quarto da enteada, como já fez outras vezes, e deitou aos pés da cama, mas negou a acusação de estupro.

Já a mãe da vítima, desmentiu o marido e disse que ele não tem o costume de dormir aos pés da cama da enteada e que após presenciar o fato questionou o marido, porém, ele não deu atenção. A mulher disse que “ao beber ele se transforma em um homem vil, indecoroso em relação ao sexo oposto" e que "já chegou a temer que ele viesse a praticar alguma coisa errada enquanto embriagado”.

Diante do flagrante, o homem foi preso, conduzido à delegacia de plantão da Polícia Civil. Após passar pelos exames médicos de praxe, ele será levado à penitenciária Professor Aluízio Inácio de Oliveira. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia