JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 13 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Mulher encontra cabeça do marido e sacola com sangue dele em fazenda de MG

Há a suspeita de que a morte do homem tenha ligações com rivalidades antigas mantidas por ele durante sua luta em defesa do meio ambiente

22/10/2019 - 00:00:00. Última atualização: 22/10/2019 - 13:24:10.

Uma mulher, 44 anos encontrou a cabeça decapitada do próprio marido, de 55 anos, no quintal de uma fazenda no município de Conselheiro Pena (MG). Ela acordou com os latidos dos cães, na manhã de sábado (20), e quando chegou ao lado de fora viu parte do corpo. A filha de 14 anos do homem também viu a cabeça do pai jogada no quintal.

Logo após, moradores da região, família e a polícia começaram a procurar pelo corpo. Um grupo seguiu por um lado da propriedade e, nesse rumo, acharam uma sacola cheia de sangue – há a suspeita de que este tenha sido extraído da vítima. Outro grupo caminhou em direção a um ponto onde há palmeiras e, próximo a duas dessas árvores estava o corpo do homem, a pouco mais de 1 km do ponto onde a cabeça estava. De uma das palmeiras havia sido extraído palmito, e a outra estava marcada por um objeto perfuro-cortante.

O suspeito do crime foi visto pilotando uma motocicleta na cidade algumas horas após a morte do homem, mas, depois disso, desapareceu e a Polícia Militar ainda não o encontrou.

A esposa da vítima contou que marido saiu de casa na sexta-feira (18) para investigar uma queimada próxima à propriedade, no Córrego do Lontra, e não voltou mais.

Há a suspeita de que a morte do homem tenha ligações com rivalidades antigas mantidas por ele durante sua luta em defesa do meio ambiente. Segundo familiares, a vítima era bastante ligada a essas pautas e costumava filmar e denunciar aqueles que realizavam intervenções irregulares no meio ambiente.

*Com informações de O Tempo 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia