JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 17 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Ácido sulfúrico transborda em parada de manutenção na Mosaic

Empresa informou que todas as providências foram tomadas, incluindo a comunicação a órgãos ambientais, e que não houve feridos

20/08/2019 - 00:00:00. - Por Tulio Micheli Última atualização: 20/08/2019 - 17:19:10.

Reprodução


De acordo com a Mosaic, a área onde ocorreu o incidente foi isolada e desencadeado imediato processo de contenção

Dois dias após inaugurar seu Centro de Soluções Compartilhadas (CSC) em Uberaba, a Mosaic Fertilizantes, uma das maiores empresas do mundo em produção e comercialização de fosfato e potássio combinados, viveu momentos de tensão em sua unidade no Distrito Industrial 3. 

A reportagem teve acesso à informação de que no feriado do dia 15 foi registrado incidente com ácido sulfúrico na sede da empresa em Uberaba. O ácido é composto pelos elementos enxofre, oxigênio e hidrogênio e seu manuseio requer extremo cuidado. Uma vez em contato com a pele, por exemplo, corrói os tecidos e, se inalado, seus vapores podem causar severos danos aos pulmões. O contato direto com o ácido sulfúrico pode causar queimaduras graves e até cegueira. Ainda conforme apurações, ninguém ficou ferido, e o fato foi registrado durante parada programada de manutenção preventiva nos tanques. 

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da empresa no domingo (18), quando confirmou o incidente. Em nota, "a Mosaic Fertilizantes confirma que houve transbordo de ácido sulfúrico durante parada programada de manutenção preventiva realizada na última quinta-feira (15/08). A área foi imediatamente isolada e o processo para a neutralização do material resultou na sua contenção dentro das instalações operacionais. Não houve feridos e os órgãos ambientais já foram devidamente comunicados. A empresa reforça que não há qualquer risco e que todas as medidas foram tomadas para garantir a segurança dos funcionários e da comunidade", finaliza a nota.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia