JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 23 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Continua depois da publicidade



Em uma semana, preço médio do macarrão em Uberaba aumentou mais de 10%

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/05/2022 - 14:45:33. - Por Tito Teixeira Última atualização: 13/05/2022 - 14:46:05.

Produto típico na mesa dos brasileiros, o macarrão apresentou uma variação de 11,3% em uma semana nos estabelecimentos, em Uberaba. É o que indica pesquisa divulgada pela Fundação Procon de Uberaba divulgada no último dia 12. O preço médio do pacote tipo espaguete, de 500g, saltou de R$ 2,91 para R$ 3,24 (preço médio).

Na variação entre os supermercados avaliados, o menor valor praticado é de R$ 2,05 e o mais caro, R$ 5,19. Uma variação de 153% entre o mais barato e o maior valor cobrado. Quem procurar pelo pacote de 500g do tipo parafuso, também vai constatar uma majoração de 5,8%, com oscilação de mais de 150% entre o maior e menor valor.

Outro item que teve variação positiva foi a ervilha, em 13,5%, saltando o preço médio de R$ 2,45 para R$ 2,78. A manteiga, pote de 500g, teve acréscimo de 6,6%; a farinha de trigo, pacote de 1kg, 6,3%; o sal refinado pacote de 1kg, 3,4%; a margarina, pote 500g, 0,9% e o leite integral, caixa de 1 litro, 0,2%.

Alguns produtos tiveram redução de preços, como o molho de tomate, 15,5%; pacote de 2kg de açúcar tipo cristal, 4,8%; milho verde, 4,4%; o pacote de 500g de café, 3,4%; arroz agulhinha, pacote de 1kg, 1,2%.

Feijão carioquinha, pacote de 1kg e óleo de soja, 1 litro, tiveram redução nos preços de 0,4% e 0,7% respectivamente.

A Fundação Procon de Uberaba realizou o levantamento de preços em 10 estabelecimentos comerciais.

É importante que o consumidor pesquise os preços, em alguns casos a variação de preço em alguns estabelecimentos passa dos 200%, como é o caso do pote de 500g de manteiga. A diferença entre o preço mínimo e o máximo é de 212,28%.

Inflação. O Banco Central (BC) elevou a previsão de inflação para 2022 para 7,3%, ficando acima da meta definida para o ano, que era de 3,5%.

A prévia da inflação, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que o índice chegou a 12,03% no acumulado de 12 meses até abril. As projeções do mercado financeiro, segundo o Boletim Focus, indicam que a taxa será de 7,89% no fim do ano.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia