JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 21 de junho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Motoristas se assustam ao confundir contagem de veículos com radares

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

11/06/2021 - 00:00:00. - Por Luiz Henrique Cruvinel Última atualização: 14/06/2021 - 09:37:38.

 Foto/JairoChagas

Ontem, os equipamentos e as equipes estavam posicionados na região do conjunto Volta Grande

Nos últimos dias, a presença de pessoas com coletes sinalizadores e de equipamentos semelhantes a radares nas entradas e em alguns pontos da cidade chamou a atenção de motoristas. Ontem, as equipes estavam no trevo da avenida João XXII com BR-050 e MG-427. Muitos se confundiram, acreditando que os aparelhos seriam para aplicação de multas, mas trata-se de um levantamento contratado pela Eco050, concessionária da BR-050.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Social (SDS), Glorivan Bernardes, a empresa entrou em contato com a gestão municipal para realizar a pesquisa de movimento em algumas entradas da cidade e, também, no perímetro urbano. Após o aval da Superintendência de Trânsito e Mobilidade Urbana, a concessionária direcionou os equipamentos necessários e iniciou a contagem de veículos.

A ação teve início nesta semana, inclusive com equipes posicionadas em avenidas de grande movimento em Uberaba, como a Doutor Fidélis Reis, já na quarta-feira (9). Contudo, o propósito da contagem ainda é desconhecido. O secretário acredita que a análise pode ser rotineira ou ser utilizada para mapear um possível anel viário na região.

“Com os dados coletados, a Prefeitura receberá o relatório final da empresa e poderá articular adequações no trânsito da cidade a partir dos pontos identificados como chave”, diz o secretário.

Apesar do susto dos motoristas, que confundiram a movimentação de equipamentos com operação de fiscalização para a cobrança de multas, Glorivan tranquiliza a todos e diz que esta prática é rechaçada pela atual gestão municipal. O secretário revela ser contra a utilização de equipamentos eletrônicos, como radares, para aplicar multas em perímetro não autorizado.

“Eu não pretendo e não tenho estudos feitos de implantação de fiscalização por radar, mas sei que a gente precisa manter controles eletrônicos, diante da própria impossibilidade da fiscalização municipal atender a todos os casos”, finaliza Glorivan.

Em nota, a concessionária confirmou o estudo de tráfego e revelou que consolida dados para a implantação de um contorno viário.

Leia na íntegra:

A Eco050, sempre atenta às necessidades dos Municípios que margeiam a BR-050, iniciou estudos de tráfego para identificar necessidades de melhorias da Rodovia no Perímetro Urbano de Uberaba ou a necessidade de implantação de Contorno Rodoviário. Esses estudos foram iniciados com a contagem de tráfego e pesquisa de origem e destino e serão base para o Estudo de Viabilidade Econômica, Técnica e Ambiental (EVETA), que poderá indicar a viabilidade de implantação de um Contorno Rodoviário.

Destacamos que tal empreendimento não faz parte das obrigações do contrato de Concessão e estão sendo realizadas tratativas junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANNT) para a inclusão das obras a serem apontados pelo EVETA. Neste momento, o projeto encontra-se em fase inicial de estudo de tráfego, com contagem e pesquisa de Origem e Destino.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia