JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 27 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Aposentado reclama de atendimento em UPA e administração rebate que o auxílio pode ser ambulatorial

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

02/12/2020 - 00:00:00. - Por Michelle Rosa

Um aposentado de 66 anos, morador da comunidade de São Basílio, procurou a reportagem do Jornal da Manhã para reclamar que foi à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Mirante porque estava se sentido mal, acreditando que fosse uma complicação em sua hérnia. Segundo ele, quando achou que iriam providenciar uma internação acabou recebendo alta médica e ficou sem entender.

“Eu estou com problema de hérnia, inclusive aguardando uma cirurgia na fila eletrônica desde 2019, mas na última quinta não aguentei de dor e fui até a UPA, mas tive alta na madrugada do dia seguinte, mesmo não me sentido bem. O médico me deu um encaminhamento para fazer uma consulta em Ponte Alta e acredito que teria, na verdade, que já seria encaminhado para cirurgia. Eu já estou cansado de ficar sendo jogado”, desabafa. 


Em contato com a Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba (Funepu), que administra as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), por meio da assessoria de comunicação, foi esclarecido que “após avaliação médica e exame de ultrassom, foi constatado que não há sinais de complicação na hérnia ou comprometimento de urgência e emergência médica, podendo ser o paciente acompanhado em atendimento ambulatorial”.

Já sobre a cirurgia, em nota, a Secretaria de Saúde conta que o paciente desistiu da vaga e que terá que passar por todo procedimento novamente. “A Secretaria de Saúde esclarece que em 29 de agosto de 2019, telefonista da Central de Marcação de Consultas e Exames ligou para esse paciente, as 17h20min41s, agendando sua consulta para cirurgia que seria dia 17 de setembro de 2019, no Hospital Regional com dr. Saul Isaac. Entretanto, no dia da ligação, em contato com o próprio paciente por telefone, o mesmo desistiu da vaga, e assim saiu da fila. Vale esclarecer que o paciente que informa a desistência e queira novamente a cirurgia precisa repetir o procedimento de passar pela consulta com o clínico, para poder receber o encaminhamento médico, entrar na fila e realizar a consulta com o especialista. Caso o paciente necessite de alguma informação, pode entrar em contato na Ouvidoria pelo telefone 3331-2745”.



Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia