JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 27 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Cerca de 600 pessoas já foram autuadas em Uberaba por falta de uso de máscara de proteção

23/09/2020 - 14:54:31. - Por Michelle Rosa Última atualização: 23/09/2020 - 15:00:02.


Item obrigatório para proteção contra a Covid -19, a máscara facial ainda causa polêmica e, em alguma situações, até multa. Apesar de ter se tornado indispensável no cotidiano ainda existem pessoas que insistem em circular pelas ruas ou até em estabelecimentos comerciais sem o equipamento de proteção pessoal e social.

De acordo com informações da secretaria de Defesa Social, até agora já foram lavradas 1.315 autuações em descumprimento aos Decretos contra o Covid-19. Dessas, 616 foram por falta do uso de máscaras. Outras foram lavradas por funcionar fora do horário permitido, falta de barreira sanitária e realização de festas e eventos com aglomerações. A reportagem questionou a Prefeitura de Uberaba quanto ao pagamento dessas multas, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.

No último fim de semana, fiscais do departamento de Posturas aplicaram quase 50 multas por infrações previstas no decreto de enfrentamento a pandemia.

De acordo com os agentes, mesmo com toda orientação, as infrações mais comuns são aglomeração e falta do uso de máscara facial.

“Desde o mês de março, quando foi publicado o decreto por conta da pandemia a nível mundial, e mesmo com toda informação divulgada diariamente dos cuidados de combate à propagação da doença, ainda temos que autuar pessoas que insistem em não seguir as regras, como um ato de irresponsabilidade. Esse número para um fim de semana é muito grande, tendo em vista todo trabalho de conscientização que viemos tentando realizar”, destaca Marcelo Neves, Comandante da Guarda Municipal de Uberaba. 

Segundo as normas de segurança, é obrigatória a utilização de máscaras faciais que cubram boca e nariz, podendo ser de fabricação caseira, a todos os cidadãos que saírem de casa, em qualquer espaço público e privado, no perímetro urbano e bairros rurais, como medida fundamental de proteção à saúde e à vida, com intuito de dificultar a transmissão do coronavírus.

A multa a que os infratores estão sujeitos varia de 1 a 20 unidades fiscais do município. As multas variam de  R$ 285,00 a R$ 5.700,00.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone (34) 3331-2312 ou 3331-2313, de segunda a sexta-feira, de 12h às 18h, ou pelo 153 da Guarda Municipal.


Leia mais

Continua depois da publicidade

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia