JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Com faixas e cartazes, Antifas manifestaram de forma pacífica contra Bolsonaro

Os manifestantes empunhavam palavras de ordem e estenderam também cartazes do MST e da vereadora Marielle Franco

29/06/2020 - 09:57:08. - Por Daniela Brito Última atualização: 29/06/2020 - 09:57:46.

Foto/Divulgação Movimento Uberaba Antifascismo


Entre as bandeiras levantadas pelos manifestantes estavam palavras de ordem contra o presidente Jair Bolsonaro e também foram exibidos cartazes do MST e de Marielle Franco

Uberaba aderiu no domingo (28) ao ato mundial “Stop Bolsonaro”. A manifestação ocorreu no entorno da praça do Mercado Municipal. Participantes empunhavam cartazes com palavras de ordem contra o presidente Jair Bolsonaro.

O protesto foi organizado pelo Movimento Uberaba Antifascismo – composto por professores, trabalhadores e estudantes. A proposta está alinhada com as mobilizações realizadas em nível nacional e outras cidades do mundo, porém em Uberaba, o ato público priorizou o impacto visual, com poucas manifestantes nas ruas, em razão do novo coronavírus.

O grupo se concentrou na porta da antiga sede da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, chegou a parar por alguns minutos o trânsito da avenida Leopoldino de Oliveira e fechou o ato em frente à Igreja Santa Rita. No local foi aberta uma faixa com a imagem da socióloga e vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro em 2018.

Leia também: Ato silencioso protesta contra o governo Bolsonaro no centro

De acordo com uma das organizadoras, a psicóloga e servidora aposentada Odila Maria Fernandes, o ato mundial “Stop Bolsonaro” embora pacífico, gerou algumas reações contrárias à manifestação. Entre elas de um homem, que sequer utilizava máscara de proteção. Em contrapartida, os manifestantes também receberam apoio de muitas pessoas que passavam de carro e gritavam “Fora Bolsonaro”. Outros também apoiavam o grupo pelas janelas dos prédios próximos ao protesto. “Várias pessoas em situação de rua, na porta do Mercado, nos apoiaram o tempo todo, e colocaram suas denúncias em diálogo conosco. Pessoas pedindo orientação para obter o auxílio e contar suas histórias”, afirma.

A partir desta manifestação, o Movimento Uberaba Antifascista pretende realizar ações permanentes questionando temas locais e as posturas adotadas pelo Governo Municipal. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia