JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 10 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Fake news atrapalham pesquisa do IBGE em Uberaba

Pesquisa em parceria com Ministério da Saúde é diferente do Censo, que foi suspenso

28/05/2020 - 07:23:45. Última atualização: 29/05/2020 - 17:02:23.

A Prefeitura Municipal de Uberaba pede a colaboração dos uberabenses em pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde. As entrevistas são feitas por telefone para resguardar os moradores e os entrevistadores durante a pandemia e estão acontecendo desde o início de maio. Segundo informações do IBGE, a adesão tem sido baixa em Uberaba devido a várias fake news.

A coleta de dados do Pnad-Covid é uma versão da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua para quantificar as pessoas com sintomas de covid-19 e os impactos da pandemia no mercado de trabalho. A pesquisa é diferente do Censo que estava agendado para este ano e foi suspenso.

Cerca de 2 mil agentes do IBGE estão telefonando para 193,6 mil domicílios distribuídos em 3.364 municípios de todos os estados do país.

Conforme informações do IBGE, as entrevistas duram aproximadamente 10 minutos e os moradores que receberem o telefonema podem confirmar a identidade dos agentes de coleta por meio do site “Respondendo ao IBGE” ou do telefone 0800 721 8181, e informar matrícula, RG ou CPF do entrevistador.

Mais informações sobre o Pnad-Covid e outras ações do IBGE no combate ao novo coronavírus no site http://covid19.ibge.gov.br. O endereço eletrônico também disponibiliza dados, mapas, indicadores, informações e produtos relevantes para subsidiar o monitoramento da propagação da COVID-19 e a elaboração de cenários para a contenção de seus efeitos.

Sigilo das informações - segundo o IBGE, todas as informações coletadas têm confidencialidade garantida pela lei 5534/1968, do sigilo da informação e garante que os dados só podem ser utilizados para fins estatísticos. Os dados também não são entregues para nenhum outro órgão e seguem os Princípios Fundamentais das Estatísticas Oficiais da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia