JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 10 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Instabilidade de acesso ao termo de responsabilidade sanitária dificulta reabertura de boxes no camelódromo

Categoria comemora a possibilidade de retomar as vendas presencialmente e acredita-se que até amanhã (26) já estejam cumpridas todas as medidas exigidas

25/05/2020 - 12:53:32. - Por Michelle Rosa

Foto/Jairo Chagas

 
Camelódromo está de portas fechadas desde o dia 20 de março, dificultando bastante as vendas dos 64 boxes ativos
 
Fechados desde o mês março por causa do decreto que prevê o distanciamento social como forma de combater a disseminação da Covid-19, permissionários do camelódromo comemoram determinação municipal divulgada na manhã desta segunda-feira (25), que permite a reabertura com ressalvas de shoppings centers e galerias comerciais.
O comerciante Carlos Antônio da Silva está no centro comercial há cerca de 22 anos e diz que a expectativa dele e de outros que dispõem os produtos no local é de voltarem ao trabalho ainda nesta segunda-feira.
 
“Queremos voltar ainda hoje, mas estamos enfrentando dificuldades para emissão do termo de responsabilidade sanitária, por causa de um instabilidade no sistema, mas tão logo ele esteja impresso já voltaremos ao camelódromo. Vamos tomar todos os cuidados que foram impostos. Recebemos a notícia com muita alegria porque ficamos sem renda e agora já temos alguma esperança. Acreditamos que até amanhã já estaremos trabalhando”, destaca o comerciante.
 
O centro comercial poderá abrir assim como outros estabelecimentos, desde que haja “o controle de entrada e saída de pessoas nas galerias e centros comerciais feito por funcionário, com aferição de temperatura, com uso de sensores de infravermelho ou câmera de medição de temperatura corporal. O uso de máscara é obrigatório por todos ”, diz o novo decreto.
 
Além disso, é necessário que o centro comercial tenha o termo de responsabilidade sanitária fixado, assegurando que os permissionários assumem a responsabilidade de “adotarem medidas preventivas para o enfrentamento da emergência em saúde pública de importância internacional decorrente da Pandemia do COVID-19 para exercer as atividades econômicas elencadas no Decreto Municipal nº 5555, de 25 de Maio de 2020, e/ou outras que vierem a substituí-las”.
 
O camelódromo pode funcionar de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h para atendimento ao público, com locais adequados para lavagem frequente das mãos com água e sabão e disponibilização de álcool em gel 70% para funcionários e consumidores devem estar assegurados. 
 
“Barreira sanitária precisa ser instalada na porta de acesso para verificação do cumprimento das regras sanitárias. As autoridades de saúde devem ser imediatamente comunicadas quando proprietários, funcionários ou terceirizados do estabelecimento apresentar sintomas de contaminação”.
 
Os assentos e ‘lounges’ compartilhados devem ser retirados ou isolados, bem como mesas e cadeiras  que estão dispostas no local.
 
No centro comercial, atualmente, existem 64 boxes ativos, com a comercialização de itens diversos, e estava fechado desde quando foi decretado o fechamento do comércio em 20 de março, sem nenhuma flexibilização para a categoria.
 
A reportagem acionou a Prefeitura de Uberaba para saber sobre a instabilidade de acesso ao termo de responsabilidade sanitária online, mas ainda não obteve resposta. O espaço segue em aberto para resposta.
 
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia