JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 01 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Motoristas do transporte coletivo aprovam estado de greve

Conforme previsão legal, a categoria cumpre um prazo legal de 72h para iniciar a paralisação dos serviços

14/02/2020 - 14:31:37. - Por Marília Mayer Última atualização: 14/02/2020 - 14:41:01.


Arquivo JM

Motoristas do transporte coletivo de Uberaba aprovaram estado de greve em assembleia realizada na tarde de quinta-feira (13). Nesta sexta-feira (14), o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Coletivo Urbano de Passageiros (Sintracol), Roberto Alexandre Vieira, notificou o sindicato patronal, localizado em Uberlândia.

Conforme previsão legal, a categoria cumpre um prazo de 72h para iniciar a paralisação dos serviços.

“O próximo procedimento é notificar as empresas e aguardar se vão chamar para nova negociação. Se eles não negociarem a gente entra com o provimento de estado de greve”, explica o líder sindical.

O movimento grevista pode acontecer devido a um impasse na negociação salarial. Os motoristas pedem a redução da jornada de trabalho de 7h20 diárias para 6h e o reajuste salarial de 8%. Porém, o sindicato patronal ofereceu reajuste linear de 3,16%.

Atualmente, são 320 motoristas trabalhando no transporte coletivo urbano na cidade. A última greve da categoria aconteceu em 2013, em Uberaba.

A reportagem entrou em contato com a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Uberaba (Transube). O presidente da entidade, André Campos, esclareceu que ainda não recebeu a notificação oficialmente e, por isso, ainda não há uma resposta sobre o que será feito. Contudo, ele assegura que as negociações prosseguem. 

Leia mais


DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia